Amauri Eugênio Jr, Autor em Cinematecando

All posts by Amauri Eugênio Jr

Jornalista. Cinéfilo, crítico cultural wannabe e interessado por assuntos relativos a esportes, direitos humanos e minorias. Foi redator de cinema do Yahoo por um ano.

Posted On março 25, 2019By Amauri Eugênio JrIn Críticas - Lançamentos, Filmes

Crítica: O Retorno de Ben

Amar até as últimas consequências Se tivesse sido produzido há 20 anos, é bem possível que O Retorno de Ben, filme dirigido por Peter Hedges (que tem no currículo outras longas sobre famílias em conflito,Do Jeito que Ela É e Eu, Meu Irmão e Nossa Namorada), tivesse viés maniqueísta e mensagem que flertaria com o moralismo barato para abordar um tema cuja complexidade nos aspectos psicológico e social são extremas. A trama retrata a volta de Ben (Lucas Hedges), jovem dependente químico e com passado criminoso, para a casa deRead More

Posted On março 14, 2019By Amauri Eugênio JrIn Críticas - Lançamentos, Filmes

Crítica: Um Amor Inesperado

Liberdade, ainda que tardia? Dirigida por Juan Vera, a comédia romântica Um Amor Inesperado consegue mesclar uma história leve, a um triz de cair na superficialidade, com a complexidade das relações humanas. A trama retrata a trajetória de Ana (Mercedes Morán) e Marcos (Ricardo Darín), casal junto há 25 anos que entra em crise conjugal – e existencial – após o filho decidir sair de casa para entrar na universidade. O estremecimento na relação, que culmina na separação dos dois, não era uma crônica anunciada e não ocorre por discordânciasRead More

Posted On fevereiro 23, 2019By Amauri Eugênio JrIn Críticas - Lançamentos, Filmes

Crítica: Querido Menino

Entre amar e desapegar Até onde você iria para salvar quem ama? O que você faria para livrar essa pessoa de males que vem causando a si própria? Por quais motivos vale a pena insistir em ajudá-la quando ela parece ter desistido de si própria? Estas perguntas são alguns dos fios condutores de Querido Menino, filme dirigido por Felix Van Groeningen e baseado em livro autobiográfico e homônimo escrito por David Sheff. Na trama, o jornalista David Sheff (Steve Carell) lida com a dependência química de seu filho, Nic (TimothéeRead More

Posted On fevereiro 8, 2019By Amauri Eugênio JrIn Críticas - Lançamentos, Filmes

Crítica: No Portal da Eternidade

O estado bruto da arte Vincent Van Gogh (1853 – 1890) é a representação fidedigna de quem somente teve o trabalho reconhecido após a própria morte. É possível dizer, sem exageros, que a sua vida foi marcada pelas dificuldades enfrentadas por aqueles que se esforçam ao máximo para transformar o próprio sonho em realidade – no caso, as artes plásticas. Ainda assim, uma das premissas às quais somos condicionados a seguir por meio do senso comum é acreditar que artistas tiveram vidas idílicas a ponto de idealizarmos as suas respectivasRead More

Posted On fevereiro 7, 2019By Amauri Eugênio JrIn Críticas - Lançamentos, Filmes

Crítica: Vice

Quando o poder resulta em uma comédia de erros Dick Cheney, vice-presidente dos EUA durante a era George W. Bush (2001-2009), entrou para a história pela porta dos fundos ao ser um idealizadores do plano, no mínimo equivocado ao extremo, para convencer a opinião pública de que o país deveria invadir o Afeganistão e o Iraque após os atentados terroristas de 11 de setembro de 2001. Contudo, quais foram as motivações para o vice-presidente que não queria ser apenas uma figura decorativa ter tomado e bancado essa decisão? E, maisRead More
green book

Posted On janeiro 25, 2019By Amauri Eugênio JrIn Críticas - Lançamentos, Filmes

Crítica: Green Book – O Guia

Jornada para a transformação O início dos anos 1960 foi marcado pela efervescência da discussão sobre a igualdade racial nos EUA, com destaques para figuras como Martin Luther King, Malcolm X e para o movimento Panteras Negras. É neste cenário em que acontece a trama principal de Green Book – O Guia. Dirigido por Peter Farrelly (Quem Quer Ficar com Mary?), o longa-metragem retrata a turnê que o pianista Don Shirley (Mahershala Ali) faz no interior dos EUA, na qual conta com o auxílio de Tony Lip (Viggo Mortensen), umaRead More
temporada critica

Posted On janeiro 17, 2019By Amauri Eugênio JrIn Críticas - Lançamentos, Filmes

Crítica: Temporada

Estrada para a autodescoberta A vida pode ser interessante dentro da banalidade e pode ser mostrada como ela é, sem lançar mão de hipérboles ou de recursos diversos, para chamar a atenção de quem irá assistir a determinada história. Vá lá, não é necessário ser uma comédia sobre o nada, ao melhor estilo da clássica sitcom Seinfeld, para cativar o público. O modo singelo como o dia a dia é retratado é um dos méritos do filme Temporada, dirigido por André Novais Oliveira. Na trama, Juliana (Grace Passô) decide mudar-seRead More

Posted On janeiro 3, 2019By Amauri Eugênio JrIn Críticas - Lançamentos, Filmes

Crítica: O Manicômio

Vale tudo por alguns segundos de fama? Em tempos de superexposição nas redes sociais e do aumento exponencial pela busca para alcançar a fama, são cada vez mais comuns atitudes que colocam o bom senso em xeque pela tentativa em ter cada vez mais curtidas e visualizações em canais do YouTube e em perfis do Instagram, por exemplo. Sim, para uns e outros, você só é um ser humano relevante e digno de existir se o seu story bebendo vinho ou o seu vídeo tentando atravessar uma avenida sem condiçõesRead More
era uma vez um deadpool critica

Posted On dezembro 27, 2018By Amauri Eugênio JrIn Críticas - Lançamentos, Filmes

Crítica: Era Uma Vez um Deadpool

A arte da autoironia Motivos não faltam para Deadpool ter caído no gosto do público, cujo perfil é para lá de heterogêneo e composto por fãs das HQs do anti-herói e por quem não se ligava tanto no personagem até Ryan Reynolds trazê-lo à telona e ter levado às últimas consequências o mea culpa histórico pela polêmica versão de Wade Wilson em X-Men Origens: Wolverine. Outro aspecto significativo para Deadpool ter se tornado um hit é o humor sem filtros e descompromissado, o que dialoga com a essência do personagemRead More

Posted On dezembro 13, 2018By Amauri Eugênio JrIn Críticas - Lançamentos, Filmes

Crítica: A Vida em Si

As intermitências da vida Um momento aparentemente aleatório, mas que se revela extremo em uma fração de segundos, pode determinar as vidas de muitas pessoas – inclusive as de quem não tem nenhum vínculo com os protagonistas. Esta é a premissa de A Vida em Si. O longa-metragem dirigido por Dan Fogelman tem momentos nos quais a metalinguagem está relacionada à construção de um roteiro e contém metáforas sobre essa mesma lógica. Isso fica evidente logo nas primeiras cenas, quando Samuel L. Jackson surge como um narrador irreverente e relaxadoRead More