All posts by Giovanna Arruda

Redatora do Cinematecando | Jornalista, 22 anos. Era do tipo de criança que esperava ansiosamente a chegada das sextas-feiras para ir à locadora escolher o filme que assistiria inúmeras vezes durante o final de semana até decorar as falas. Apaixonada pela arte como um todo, ama escrever e raramente é vista sem um livro nas mãos. Hoje, segue na busca incessante de assistir todos os filmes possíveis já produzidos e conhecer cada vez mais sobre a sétima arte.

Posted On junho 16, 2017By Giovanna ArrudaIn Notícias

Mostra Realidade Virtual chega a São Paulo

Até o dia 18 de junho, a Mostra Realidade Virtual estará à disposição gratuitamente no CineArte (Conjunto Nacional – Av. Paulista 2073) para qualquer pessoa interessada. A Mostra veio ao Brasil para complementar a programação do já consagrado Festival Varilux de Cinema Francês, com oito produções francesas recentes em realidade virtual escolhidas pelo diretor e produtor Michel Reilhac (produtor de filmes como Melancolia e Anticristo). Nós, do Cinematecando, tivemos a oportunidade de conferir algumas dessas obras e indicamos muito a Mostra para todas as pessoas que já são acostumadas comRead More

Posted On junho 12, 2017By Giovanna ArrudaIn Notícias

Sobre o Festival Varilux de Cinema Francês 2017

Entre os dias 7 e 21 de junho brasileiros de 55 cidades poderão conferir em mais de 100 salas de cinema os mais recentes filmes de Catherine Deneuve, Gérard Depardieu, Juliette Binoche, Marion Cotillard, Guillaume Canet, Omar Sy entre muitos outros. Nesta edição, além das 18 produções inéditas no país e o clássico Duas Garotas Românticas (que completa 50 anos em 2017) o festival também trará sessões educativas e democráticas gratuitas ou com preço especial em algumas cidades selecionadas e em locais alternativos ou com pouco acesso a cinemas; laboratórioRead More

Posted On maio 18, 2017By Giovanna ArrudaIn Críticas - Lançamentos

Crítica: Antes Que Eu Vá

Adaptado do livro homônimo de Lauren Oliver, o filme Antes Que Eu Vá conta a história de Samantha, uma adolescente popular com um grupo de amigas de causar inveja inteira e com um namorado desejado por todas as outras garotas. Ela tem grandes planos para o Valentine’s Day (12 de fevereiro, dia dos namorados nos EUA): aproveitar pela última vez essa data com as amigas na escola e recebendo flores dos admiradores, mas a programação mais importante do dia é perder a virgindade. Porém, o dia não ocorre como oRead More
O filme Ninguém Entra, Ninguém Sai está em cartaz desde o dia 4 de maio, e nós do Cinematecando tivemos a oportunidade de conversar com o diretor Hsu Chien e o elenco sobre essa comédia livremente inspirada no conto No Motel de Luis Fernando Veríssimo durante a coletiva de imprensa realizada em São Paulo. Para o diretor estreante Hsu Chien, dirigir este filme foi um presente, pois “nele existe um tipo de humor encontrado nos filmes americanos dos anos de 1950 e 1960 sem muitas preocupações com o que éRead More

Posted On maio 3, 2017By Giovanna ArrudaIn Críticas - Lançamentos

Crítica: Sobre Viagens e Amores

Maria e Marco são dois jovens italianos que resolvem conhecer os Estados Unidos logo, após terminarem o ensino médio, para descansar antes da faculdade e conhecer um pouco mais do mundo fora da Europa. Os dois nem são amigos, mas como fazem parte da mesma turma, um contato em comum acaba organizando a viagem e a hospedagem dos dois no mesmo período e lugar. Depois de muitas discussões no avião, Maria e Marco resolvem que vão se aturar para que a experiência no novo continente seja boa e para queRead More

Posted On maio 3, 2017By Giovanna ArrudaIn Críticas - Lançamentos

Crítica: Ninguém Entra, Ninguém Sai

Livremente baseado na crônica No Motel, de Luis Fernando Veríssimo, o primeiro longa do diretor Hsu Chien promete ser um filme para família inteira mesmo se passando em um ambiente tão adulto. Em Ninguém Entra, Ninguém Sai, a história se passa no motel Zéffiro’s, o mais famoso e badalado da cidade, e lá é possível encontrar os mais diferentes tipos de casais em uma noite: a namorada que sonha em ficar noiva e seu namorado que quer fugir disso, a juíza e seu segurança, o casal menor de idade, a virgemRead More

Posted On abril 28, 2017By Giovanna ArrudaIn Artigos, Teatro

A magia do Teatro em Les Misérables

Sou uma grande fã dos filmes musicais e vergonhosamente nunca tinha ido ao teatro ver um musical, mas enfim fui assistir ao espetáculo Les Misérables, que está em cartaz de março até julho no Teatro Renault em São Paulo, e não posso estar mais feliz. A peça, baseada no livro homônimo de Victor Hugo, se passa durante a Revolução Francesa e traz a clássica história de Jean Valjean, Fantine, Javert, Cosette, Marius e outros tantos personagens que já são conhecidos do público. É impossível assistir ao espetáculo e não relacioná-loRead More
Esta semana foram ao ar nos EUA os episódios do crossover musical das séries Supergirl e The Flash, que tinha sido anunciado há um bom tempo, deixando os fãs receosos. A história começa no episódio 16 da atual temporada de Supergirl, intitulado Star-Crossed, onde Kara descobre um segredo escondido por Mor-El durante nove meses. Isso abala seriamente a relação dos dois e, então, o vilão Music Meister aparece e drena os poderes de Kara, deixando-a em coma e com a mente presa dentro de um musical.  Já no episódio 17Read More

Posted On março 15, 2017By Giovanna ArrudaIn Críticas - Lançamentos

Crítica: Tinha que ser ele?

Stephanie Fleming (Zoey Deutch) é o orgulho dos pais: tem 22 anos e é universitária envolvida com projetos sociais – mas ela escondeu deles seu namoro. Até que, por acidente, seus familiares e amigos ficam sabendo da relação e ela se vê obrigada a apresentar para sua família o real mundo que está vivendo ao lado do namorado Laird (James Franco), um zilionário excêntrico, criador de jogos para celular, com vários funcionários e dono de uma casa com utilidades bem exóticas. Mas Ned Fleming (Bryan Cranston) não gosta nada doRead More

Posted On março 8, 2017By Giovanna ArrudaIn Críticas - Catálogo, Filmes

Crítica: Malala

Em 2012, uma garota de 15 anos foi baleada no Pasquitão pelo simples fato de querer estudar e lutar para que todas outras meninas do seu país e do mundo tenham esse direito. Felizmente o atentado não foi bem-sucedido, e em 2014, após continuar sua batalha pela igualdade, Malala Yousafzai se tornou a pessoa mais jovem a ganhar o Prêmio Nobel da Paz. O documentário Malala é quase inteiramente baseado no livro autobiográfico da garota, chamado Eu Sou Malala, onde, além de sua história de vida, a autora traz temasRead More