All posts by Jaquelini Cornachioni

Colunista do Cinematecando | Jornalista, 22 anos e apaixonada por livros, música e, claro: filmes! Conheceu a magia do cinema através de Harry Potter e Jurassic Park ainda na infância e, desde então, passa horas e horas se dedicando a encontrar um bom filme para assistir no tempo livre. Louca por séries, não suportaria um dia sem Netflix ou sem fones de ouvido e sequer se lembra de como era a sua vida sem esses dois “itens” básicos de sobrevivência. Além disso, tem um porquinho da índia tão lindo que roubaria facilmente o papel de protagonista nos filmes de Hollywood!

Posted On junho 22, 2017By Jaquelini CornachioniIn Críticas - Séries, Séries

Crítica: Deuses Americanos (1º temporada)

Essa crítica não contém spoilers. Fique tranquilo! Adaptar livros para o cinema ou televisão não é uma tarefa fácil, independente da densidade da obra. Mas transformar em série uma das histórias de maior sucesso de Neil Gaiman, foi capaz de surpreender – e também desesperar – diversos fãs do escritor. Transmitida pelo canal Starz e criada por Bryan Fuller e Michael Green, além do próprio Gaiman, que faz parte do time de produtores executivos, Deuses Americanos entregou oito capítulos incríveis para o público. Na trama, após cumprir três anos deRead More

Posted On junho 13, 2017By Jaquelini CornachioniIn Críticas - Lançamentos

Crítica: Meus 15 Anos

Para muitas meninas, completar 15 anos é uma data inesquecível e a passagem para uma nova fase da vida. Mas, para Bia (Larissa Manoela), essa data é como qualquer outra. Inspirado no livro de Luiza Trigo, o filme Meus 15 Anos não apresenta uma narrativa inovadora, mas ganha pontos nesse sentido ao se destoar positivamente da história da obra, que a própria autora já revelou ser a mais simples que escreveu. Na trama, Bia é uma garota nerd e invisível no colégio e que, muitas vezes, se torna alvo de bullyingRead More

Posted On maio 22, 2017By Jaquelini CornachioniIn Artigos

O que Her e Black Mirror têm a ver com relacionamentos?

Em 2013, Her era um filme muito comentado por críticos e também em redes sociais, mas foi só esse ano que eu tive a curiosidade de assistir ao longa de Spike Jonze. Eu já sabia a história e tinha ideia do que aconteceria com Theodore, protagonista que se apaixona por uma inteligência artificial criada a partir de seus gostos e personalidade. Serviços como esse soam familiar para nós desde aquela época. A ideia de ter ao seu lado uma namorada virtual, moldada a partir de seu interesse é uma realidadeRead More
Relembre a criação da Amazona e saiba quais são as nossas expectativas para o novo filme da super-heroína! Quando se deu início ao universo dos quadrinhos, os personagens eram predominantemente masculinos e as mulheres, quando apareciam nas histórias, serviam como o par romântico dos protagonistas. Super-heróis como Batman e Superman já faziam grande sucesso e coube à esposa de William Marston, Elizabeth Holloway Marston, a ideia de se criar uma super-heroína. A Mulher-Maravilha surgiu a partir desse momento e se tornou “o novo tipo de mulher que deve governar oRead More
Esse é um texto de opinião e inclui experiências próprias A escola pode ser algo cruel. Como se já não bastasse toda a pressão para decidirmos, em poucos anos, o que vamos fazer pelo resto de nossas vidas, é nesse momento que precisamos nos esforçar para criarmos amizades e não nos sentirmos sozinhos no meio disso tudo. Então, surge a necessidade de nos encaixarmos em algum grupo. Afinal, nós TEMOS que nos identificar com algo ou alguém. É nessa fase também que nos importamos mais com o nosso corpo, cabelo,Read More
Os viciados em séries estão sempre procurando uma nova produção para assistir. Mas a tarefa nem sempre é fácil se pararmos para pensar que, no Brasil, a Netflix possui mais de 400 séries em seu catálogo. E no meio de tanto conteúdo, Please Like Me chamou a minha atenção. A série australiana, criada e protagonizada por Josh Thomas, estreou em 2013 e se tornou queridinha em vários países. Não é para menos, a comédia dramática de Josh é sobre a sua própria história e aborda com cautela e bom humorRead More

Posted On março 24, 2017By Jaquelini CornachioniIn Filmes, Notícias

Cinco minutos de A Vigilante do Amanhã: Ghost in the Shell

O mangá Ghost in the Shell, criado por Masamune Shirow em 1989, é uma das maiores histórias cyberpunks já concebidas no mundo. Após se tornar também um anime de sucesso em 1995, Ghost in the Shell terá, no dia 30 deste mês, a sua versão americana exibida nos cinemas com Scarlett Johansson na pele da protagonista, a cibernética Major Motoko. Os fãs do mangá e do anime puderam reparar que as cenas já exibidas estão bem parecidas e fiéis com as originais do anime. E, recentemente, a Paramount Pictures liberouRead More

Posted On março 20, 2017By Jaquelini CornachioniIn Artigos, Filmes

A evolução das princesas da Disney

Em 1937, ano em que foi lançado o filme A Branca de Neve e os Sete Anões, o mundo era outro. Desde então, passaram-se exatos 80 anos e a luta pelos direitos das mulheres se tornou um assunto importante e necessário na sociedade. Por isso, aquela história padronizada de uma princesa frágil que espera pelo príncipe encantado é passado e não cabe à realidade do público feminino contemporâneo. Não que seja um erro assistirmos aos clássicos. Na verdade, eles nos mostram o quanto as mulheres foram ganhando mais força eRead More

Posted On março 15, 2017By Jaquelini CornachioniIn Críticas - Catálogo, Filmes

Crítica: Sing Street – Música e Sonho

Quase não se ouviu falar de Sing Street em 2016 e muitos se impressionaram ao ver o nome do longa entre os indicados ao Globo de Ouro 2017 na categoria Melhor Filme de Comédia ou Musical. Talvez 50% desse esquecimento seja por conta de todo o alvoroço causado por La La Land, e os outros 50% se deve ao fato de que Sing Street não chegou às salas de cinema do Brasil e nem teve forte divulgação. Mesmo assim, o filme é um grande sucesso de crítica e possui notaRead More

Posted On março 8, 2017By Jaquelini CornachioniIn Filmes, Listas

Dez documentários sobre mulheres fortes e inspiradoras

E o melhor: alguns estão disponíveis na Netflix Desde que o mundo é mundo, a maioria dos homens veem as mulheres como animais que podem ser domesticados, dando às mulheres certa sensação de impotência, como se não pudéssemos ser, por exemplo, escritoras, empresárias, advogadas, cantoras e, principalmente, donas de nossas próprias vidas. E, se atualmente conseguimos analisar alguma melhora em relação ao machismo na sociedade, devemos isso às mulheres que fizeram história e mostraram que não existe sexo frágil. Para celebrar o Dia da Mulher, confira documentários que contam históriasRead More