Arquivos Filmes | Página 31 de 50 | Cinematecando

Filmes Category

Posted On outubro 31, 2017By RedaçãoIn Filmes

Achados e Perdidos: 2 dicas de Outubro

Outubro costuma ser mencionado como o mês do Halloween, mas vale lembrar que também se trata do mês de nossos queridos professores. Com isso em mente, nesta edição do Achados e Perdidos decidimos contemplar os dois. Temos, para o primeiro, o excelente terror sul-coreano O Lamento e, para o segundo, um filme nacional que merece atenção, Tudo que Aprendemos Juntos. Esperamos que curtam as dicas. Próximo fim de mês tem mais! O Lamento (2016) por Letícia Piroutek Vou começar dizendo que se você não conhece cinema sul-coreano está mais do queRead More

Posted On outubro 29, 2017By João Pedro AccinelliIn Críticas - Catálogo, Filmes

Crítica: 1922

Não é difícil concluir que alguns já podem ter se cansado de ler o nome de Stephen King relacionado a filmes lançados este ano, mas ao menos podemos afirmar que essas “coincidências” não são em vão, pois têm rendido belas obras cinematográficas. A mais recente é o filme 1922, baseada no livro homônimo do autor sobre Wilfred James (Thomas Jane), até então um pacato fazendeiro, que bola um plano macabro para solucionar o seu problema financeiro. Ele decide assassinar Arlette (Molly Parker), sua mulher – mas, para conseguir fazer tudoRead More

Posted On outubro 27, 2017By João Pedro AccinelliIn Filmes

Crítica: Wheelman

Imagine que uma combinação entre a adrenalina de um piloto de fuga em Em Ritmo de Fuga(2017) e o peso dramático e o uso de praticamente uma única locação (um carro) como em Locke (2013). O resultado dessa combinação seria algo parecido com Wheelman, a nova produção original Netflix que chegou para animar os amantes do suspense de ação. O filme tem em si uma expressão muito enérgica, com ritmos acelerados de cena, tiros e ansiedade extrema dos personagens, mas não se prende à essas convenções de gênero, pois tambémRead More

Posted On outubro 27, 2017By Caio LopesIn Críticas - Lançamentos, Filmes

Crítica: O Trabalho

Este filme faz parte da programação oficial da 41ªMostra Internacional de Cinema em São Paulo. Em um dos momentos mais memoráveis de O Trabalho, documentário de Jairus McLeary e Gethin Aldous que está entre os indicados ao Gotham Award (possível garantia de que estará entre os finalistas no Oscar), dois prisioneiros, em meio a uma intensa sessão de terapia em grupo, se abraçam, esmagando seus microfones contra os peitos, ao ponto de escutarmos seus batimentos cardíacos. Grande parte da força que a experiência carrega vem justamente com os aspectos imprevisíveisRead More

Posted On outubro 27, 2017By Caio LopesIn Críticas - Lançamentos, Filmes

Crítica: Félicité

Este filme faz parte da programação oficial da 41ªMostra Internacional de Cinema em São Paulo. Félicité tem seu início com uma cena de impacto visual e sonoro. Estamos imersos em um bar de Kinshasa, Congo, no qual cacofonia das conversas e o crescendo da música se misturam. É aí que somos apresentados à personagem título (Véro Tshanda Mputu), cujo canto enfeitiça qualquer um ali. A câmera sempre próxima dos rostos e instrumentos acaba gerando um calor humano que é difícil de evocar. O longa de Alain Gomis, nascido na FrançaRead More

Posted On outubro 26, 2017By Caio LopesIn Críticas - Lançamentos, Filmes

Crítica: Uma Questão Pessoal

Este filme faz parte da programação oficial da 41ªMostra Internacional de Cinema em São Paulo. Em 2013, tive meu primeiro contato com o trabalho dos irmãos Taviani, com o inesquecível César Deve Morrer. Tratava-se de uma amálgama encantadora entre realidade e ficção, na qual prisioneiros encenavam entre si a peça Júlio César, de Shakespeare, com paralelos às próprias relações de poder entre os encarcerados. Quatro anos depois, fico feliz em ver que a sensibilidade clássica dos Taviani, pontuada por vislumbres experimentais, continua intacta, com o excepcional Uma Questão Pessoal. ExibidoRead More
Este filme faz parte da programação oficial da 41ªMostra Internacional de Cinema em São Paulo. Obras de arte tem o dom dúbio de seduzir e repelir. Entre tantas coisas, The Square aborda o atual estado da arte, que se encontra em uma profunda crise de identidade não só aqui, mas pelo mundo todo. Claro, essa impopularidade não é inteiramente da responsabilidade de artistas e museus, mas também de uma intolerância que vem sendo alimentada. Como poderia a arte voltar a seduzir, se não impactar positivamente? A história segue Christian (ClaesRead More

Posted On outubro 23, 2017By Caio LopesIn Críticas - Lançamentos, Filmes

Crítica: Morte Sobre Rodas

Este filme faz parte da programação oficial da 41ªMostra Internacional de Cinema em São Paulo. Não me recordo de nenhum longa recente que desfira tamanho soco contra o capacitismo quanto o húngaro Morte Sobre Rodas. Comédia subversiva com momentos de drama sombrio, o filme do diretor Attila Till acaba apostando em clichês e uma reviravolta final que quase o anula, mas ainda assim ocupará a memória do espectador por sua perspectiva única. Zolika (Zoltán Fenyvesi) e Barba (Ádám Fekete) são dois adolescentes que vivem em um centro de tratamento paraRead More

Posted On outubro 21, 2017By Caio LopesIn Críticas - Lançamentos, Filmes

Crítica: Lucky

Este filme faz parte da programação oficial da 41ªMostra Internacional de Cinema em São Paulo. Ungatz. Nada. É o que discutem os personagens de Harry Dean Stanton e John Darren em certo momento do filme Lucky, estreia na direção do ator John Carroll Lynch e o adeus cinematográfico de Stanton, falecido ainda no mês passado. Sucesso no festival SXSW, em Austin, o longa está longe de ser um ungatz, e ainda conta com atores de peso como Tom Skerrit, Barry Shabaka Henley, Beth Grant e até mesmo David Lynch. NoRead More

Posted On outubro 21, 2017By Caio LopesIn Críticas - Lançamentos, Filmes

Crítica: Em Retirada

Este filme faz parte da programação oficial da 41ªMostra Internacional de Cinema em São Paulo. O subgênero do thriller de sobrevivência está mais que repleto de exemplares. Alguns favorecem a ação, como Limite Vertical, outros flertam com o íntimo, como em 127 Horas, e outros ainda mesclam o entretenimento com emoções maduras, como A Perseguição. Em Retirada, dirigido pelos irmãos Alex e Andrew Smith, encaixa-se na segunda categoria e ainda assim desafia expectativas. O enredo, inicialmente, soa óbvio. Um garoto (Josh Wiggins) vai passar um tempo com o pai (MattRead More