Crítica: Gilmore Girls: Um Ano para Recordar | Cinematecando

Posted On 28/11/2016 By In Críticas - Séries, Séries

Crítica: Gilmore Girls: Um Ano para Recordar

Já faz 8 anos que a sétima e última temporada da série Gilmore Girls (ou Tal Mãe, Tal Filha, nome dado pelo SBT quando era exibida em canal aberto) foi ao ar, e o final dado aos personagens não foi satisfatório para os fãs. Talvez pelo fato da última temporada não ter sido escrita pela criadora da série Amy Sherman-Palladino, ou talvez por aquela sensação de vazio que surge quando alguma coisa que gostamos acaba e aí tomados pela nostalgia queremos que essa coisa volte a acontecer (olá, fãs de Friends). As temporadas originais retratam a vida de Lorelai Gilmore e sua filha Rory, que são mulheres fortes, apaixonadas por cinema e livros. Embora a série mostre as relações amorosas de ambas, elas não são o foco – a interação entre mãe e filha é o grande trunfo e foi o que atraiu milhares de espectadores tanto no início dos anos 2000 como agora.

foto1

Na última sexta-feira, a Netflix lançou uma nova temporada, chamada Um Ano Para Recordar, com 4 episódios de 90 minutos que retratam, cada um, uma estação do ano. Nestes episódios podemos ver o que aconteceu com cada personagem durante a quase uma década em que ficaram distantes das nossas televisões, e todos os atores que trabalharam na série estão de volta, desde os principais até o cachorro da família Gilmore (sim é o mesmo cão, agora com 14 anos).

Rory agora tem 32 anos, está um pouco perdida e decepcionada com sua vida errante de jornalista e resolve voltar para a pacata Stars Hollow para morar com sua mãe, que está junto com Luke desde os acontecimentos finais da última temporada. Outro fato que dá o tom para as histórias desenvolvidas é a morte do patriarca da família, Richard Gilmore, interpretado originalmente pelo ator Edward Herrman, que morreu em 2014. Em 2016, as garotas Gilmore (Emily, Lorelai e Rory) se encontram um tanto perdidas na vida, procurando novos horizontes e mudanças necessárias.

foto2

Os 90 minutos de cada episódio dão conta de nos mostrar bem o que aconteceu com o núcleo principal de personagens, mas fica devendo em relação aos queridos coadjuvantes que aparecem bem pouco, principalmente Sookie, a querida cozinheira interpretada pela agora famosa Melissa McCarthy, que só entra em cena no último episódio e durante 5 minutos no máximo.

Gilmore Girls: Um Ano Para Recordar foi a chance perfeita para Amy Sherman-Palladino (que não escreveu a última temporada por motivos de contrato) terminar a série do jeito que imaginava para cada personagem e usando as mágicas 4 palavras (que não direi aqui por ser o maior spoiler da história). Para os fãs, essa nova temporada foi pura nostalgia e felicidade por se reencontrarem com os personagens que tanto amavam e saber o que aconteceu com cada habitante de Stars Hollow. Quem sabe a Netflix se anima e este revival se torne uma série fixa do catálogo?! Estamos na torcida.

FICHA TÉCNICA
Título Original:
Gimore Girls: A Year in the Life.
Roteiro, produção e direção: Amy Sherman-Palladino e Daniel Palladino.
Elenco: Alexis Bledel, Keiko Agena, Kelly Bishop, Lauren Graham, Liza Weil, Matt Czuchry, Scott Patterson, Sean Gunn, Yanic Truesdale, Alan Loayza, Alex Borstein, Alex Kingston, Aris Alvarado, Armand Vasquez, Bailey Buntain, Biff Yeager, Brian Tarantina, Carole King, Carolyn Hennesy, Charles C. Stevenson Jr., Chris Eigeman, Christian Borle, Dakin Matthews, Dan Bucatinsky, Danny Strong, David Sutcliffe, Emily Bergl, Emily Kuroda, Frank Gallegos, Grant Lee Phillips, Gregg Henry, Honorine Bell, Irene White, Jack Carpenter, Jackie Hoffman, Jackson Douglas, Jared Padalecki, Jason Mantzoukas, Jason Ritter, Jim Jansen, Joe Hernandez-Kolski, John Cabrera, Julia Goldani Telles, Julia Silverman, Julie Berman, Julio Umana, Kerry Butler, Liz Torres, Louise Goffin, Mae Whitman, Mara Casey, Melissa McCarthy, Michael Winters, Milo Ventimiglia, Nancy Linari, Nick Holmes, Paul Anka, Rachael Ray, Ray Wise, Richard Cox, Rose Abdoo, Roy Choi, Sally Struthers, Sam Pancake, Sebastian Bach, Stacey Oristano, Sutton Foster, Tanc Sade, Ted Rooney, Todd Lowe, Tom Connolly, Vanessa Marano
Lançamento: 25 de novembro de 2016.

Já faz 8 anos que a sétima e última temporada da série Gilmore Girls (ou Tal Mãe, Tal Filha, nome dado pelo SBT quando era exibida em canal aberto) foi ao ar, e o final dado aos personagens não foi satisfatório para os fãs. Talvez pelo fato da última temporada não ter sido escrita pela criadora da série Amy Sherman-Palladino, ou talvez por aquela sensação de vazio que surge quando alguma coisa que gostamos acaba e aí tomados pela nostalgia queremos que essa coisa volte a acontecer (olá, fãs de Friends). As temporadas originais retratam a vida de Lorelai Gilmore e sua filha Rory, que são mulheres fortes, apaixonadas por cinema e livros. Embora a série mostre as relações amorosas de ambas, elas não são o foco - a interação entre mãe e filha é o grande trunfo e foi o que atraiu milhares de espectadores tanto no início dos anos 2000 como agora. Na última sexta-feira, a Netflix lançou uma nova temporada, chamada Um Ano Para Recordar, com 4 episódios de 90 minutos que retratam, cada um, uma estação do ano. Nestes episódios podemos ver o que aconteceu com cada personagem durante a quase uma década em que ficaram distantes das nossas televisões, e todos os atores que trabalharam na série estão de volta, desde os principais até o cachorro da família Gilmore (sim é o mesmo cão, agora com 14 anos). Rory agora tem 32 anos, está um pouco perdida e decepcionada com sua vida errante de jornalista e resolve voltar para a pacata Stars Hollow para morar com sua mãe, que está junto com Luke desde os acontecimentos finais da última temporada. Outro fato que dá o tom para as histórias desenvolvidas é a morte do patriarca da família, Richard Gilmore, interpretado originalmente pelo ator Edward Herrman, que morreu em 2014. Em 2016, as garotas Gilmore (Emily, Lorelai e Rory) se encontram um tanto perdidas na vida, procurando novos horizontes e mudanças necessárias. Os 90 minutos de cada episódio dão conta de nos mostrar bem o que aconteceu com o núcleo principal de personagens, mas fica devendo em relação aos queridos coadjuvantes que aparecem bem pouco, principalmente Sookie, a querida cozinheira interpretada pela agora famosa Melissa McCarthy, que só entra em cena no último episódio e durante 5 minutos no máximo. Gilmore Girls: Um Ano Para Recordar foi a chance perfeita para Amy Sherman-Palladino (que não escreveu a última temporada por motivos de contrato) terminar a série do jeito que imaginava para cada personagem e usando as mágicas 4 palavras (que não direi aqui por ser o maior spoiler da história). Para os fãs, essa nova temporada foi pura nostalgia e felicidade por se reencontrarem com os personagens que tanto amavam e saber o que aconteceu com cada habitante de Stars Hollow. Quem sabe a Netflix se anima e este revival se torne uma série fixa do catálogo?! Estamos na torcida. https://www.youtube.com/watch?v=DDRIZUlB1zA FICHA TÉCNICA Título Original: Gimore Girls: A Year in the Life. Roteiro, produção e direção:…

Nota

Gilmore Girls: Um Ano Para Recordar

Excelente

91