Posted On 08/05/2017 By In Games

Crítica: Portal

Por Pedro Moura Leite

Portal é um jogo aclamado pela crítica e público até os dias de hoje. O game foi lançado em 22/10/2008 para Xbox 360, PS3 e PC, e foi lançado originalmente na coletânea de jogos da Valve, a Orange Box, que continha jogos como Half-Life e Team Fortness 2, sendo Portal o único jogo desconhecido do público até então.

Saiba mais sobre o game!

História

Portal é um game de puzzle plataforma em primeira pessoa, onde o jogador controla a personagem Chell, uma mulher que não fala durante o gameplay inteiro, e que está sempre vestindo uma roupa laranja de testes e as famosas “Long Fall Boots” (Botas de Grande Queda). O jogo começa com a personagem despertando em uma espécie de quarto da empresa Aperture Laboratories quando ouve GLaDOS, uma inteligência artificial que controla todo o complexo (por onde são realizados os testes com a Portal Gun). GLaDOS explica que Chell será a nova cobaia que vai realizar os testes. Como Chell não diz nada o jogo inteiro, quem traz emoção para a jogatina e a conduz é GLaDOS (dublada por Ellen McLain).

Conforme o jogador vai passando de câmara, GLaDOS, sendo somente uma voz durante a gameplay, promete um “bolo” caso Chell consiga chegar até o último desafio – o que mostra seu lado sarcástico, sociopata e com humor dúbio. A inteligência artificial faz longos e inteligentes monólogos, o que prende a atenção do jogador. Largar o mouse e teclado para prestar atenção no que GLaDOS está falando é algo bem possível de acontecer, pois a personagem sabe muito bem imergir o jogador na história.

Gameplay

O jogador passa por um tutorial que explica os conceitos básicos, onde se pode carregar caixas específicas, andar, abaixar, pular e atirar com a Portal Gun. O jogo está dividido em várias câmaras de teste que se tornam mais difíceis conforme o jogador vai passando de nível.

Gráficos e Trilha Sonora

Devido ao jogo ser um conteúdo “adicional” da Orange Box, o jogador pode demorar em torno de 3 a 4 horas para terminá-lo. Portal tem bons gráficos para a época em que foi lançado – levando em consideração que os cenários são praticamente todos brancos em sua maior parte. O jogo não possui uma vasta trilha sonora, exceto nos momentos mais tensos da história.

Bugs

O jogo não possui bugs, porém toda vez que o jogador passa de câmera e entra no elevador existe uma pequena tela de carregamento que dura entre 3 a 5 segundos para carregar.

Portal está totalmente legendado em português e áudio em inglês.

Conclusão

Este é um ótimo jogo para pessoas que gostam de desafios de lógica com personagens altamente carismáticos, sendo um jogo original no que se propõe. Mas como nem tudo é perfeito, sua duração é curta e sem muito conteúdo extra para estender a jogatina!

Tags : , , ,

About

Aqui você encontra textos escritos em conjunto pela nossa equipe, assim como matérias de colaboradores eventuais do Cinematecando.