Este filme faz parte da programação oficial da 41ªMostra Internacional de Cinema de São Paulo. Iniciar um filme com o letreiro de “Baseado em Fatos” pode muito bem prejudicar sua veracidade. O Motorista de Táxi, indicado da Coreia do Sul ao Oscar, começa como pastiche, transforma-se em drama e culmina em thriller de ação. Há situações artificiais: o vilão, no último segundo, é impedido de matar o mocinho; o clímax vem na forma de uma cena de ação automobilística, acompanhada por frases de efeito e uma trilha épica. Poderia terRead More
O melhor a se fazer, antes de assistir a qualquer filme, é estar com a mente aberta. Ainda assim, admito que queria ter visto um filme ótimo em Thor: Ragnarok. O motivo para isso é minha admiração pelo talento do diretor Taika Waititi (O que fazemos nas sombras), e, apesar de ver outros blockbusters falharem nas mãos de diretores indie, talvez a pegada assumidamente cômica prometida pelos trailers de Ragnarok indicasse que o cineasta neozelandês estaria à vontade com o material. Infelizmente, há o elefante na sala chamado Marvel Studios.Read More
24 anos depois do clássico Feitiço do Tempo (1993), ainda vemos filmes com essa premissa tão amada pelos cineastas: um mesmo dia que se repete inúmeras vezes. Essa forma de se contar uma história virou tão comum que já vimos incontáveis filmes desse estilo, inclusive recentes, como ARQ (2016), Antes Que Eu Vá (2017) e 2:22 (2017). Assim, um dos elementos mais variáveis dentro dessa premissa, é o próprio gênero do filme, que já foi explorado como comédia romântica, ficção científica, suspense, drama, e vários outros. O diferencial de ARead More
Assim que Bom Comportamento tem seu início, a atenção já é conquistada. Somos imediatamente colocados no momento, com closes impactantes no rosto de Benny Safdie, um dos irmãos que dirigem o longa aclamado no Festival de Cannes. Benny e Joshua Safdie, que por sua vez se mantém de trás das câmeras, simplesmente respiram cinema, demonstrando uma energia similar aos filmes de crime do final da década de 70 e início da de 80, trazendo memórias de Michael Mann e Walter Hill em sua representação crua do ambiente urbano. Conhecidos porRead More
Este filme faz parte da programação oficial da 41ªMostra Internacional de Cinema de São Paulo. O lado ruim e o lado bom de uma jornada são o mesmo: não sabemos aonde ela nos levará. Por isso mesmo que El Pampero, suspense argentino do diretor Matías Lucchesi, inicialmente cativa, apenas para ao longo do caminho perder sua força exponencialmente. Acompanhamos, de início, a fuga de Fernando (Julio Chávez) de sua vida e família em Buenos Aires, devido a uma doença aparentemente terminal. As informações necessárias são comunicadas de maneira econômica, comoRead More
Este filme faz parte da programação oficial da 41ªMostra Internacional de Cinema de São Paulo. A Oeste do Rio Jordão, novo documentário do cineasta israelense Amos Gitai, é um filme de narrativas. Abordando de maneira objetiva o duradouro conflito entre Israel e Palestina, Gitai dá foco às entrevistas reveladoras que conduz com palestinos e israelenses de diferentes posicionamentos. Reveladoras pois estilhaçam a noção de dualidade que muitos de nós ainda temos em relação ao tema. Abrindo com cenas tiradas diretamente de seu documentário Field Diary, no qual Gitai investigava aRead More
Este filme faz parte da programação oficial da 41ªMostra Internacional de Cinema de São Paulo. A criatividade pode ser algo assustador. E ela certamente o é em Scary Mother, filme de estreia da diretora Ana Urushadze que conta a história de Manana (Natu Murvanidze), uma dona de casa em sua meia-idade, que é também, possivelmente, um gênio literário, tendo dificuldades em mesclar a repetitiva vida familiar e o potencial de se tornar uma grande escritora. Com um roteiro riquíssimo e interpretações fortes, Scary Mother é uma marcante entrada para UrushadzeRead More
Este filme faz parte da programação oficial da 41ªMostra Internacional de Cinema de São Paulo. Já na sequência de créditos iniciais de Happy End, o diretor Michael Haneke nos surpreende com uma série de curtos vídeos gravados em um celular. Em seguida, quando o filme de fato começa, imagens captadas por uma câmera de segurança, detalhando um acidente em um terreiro de obras. Claro, o longa eventualmente toma contornos mais tradicionais, mas é bom ver como Haneke pontua sua narrativa de maneira tão intrigante no uso da tecnologia, sempre comRead More