Críticas - Lançamentos | Cinematecando
Rian Johnson tomou decisões com Os Últimos Jedi – para o melhor ou para o pior? Falar de um filme tão esperado quanto Star Wars: Os Últimos Jedi apenas horas após vê-lo é difícil. E isso é, no geral, algo bom, pois saí do cinema sobrecarregado de emoções, muitas positivas e algumas negativas. Sinal de que Rian Johnson, diretor e roteirista excepcionalmente criativo, tomou seus riscos como deveria. Ao encerramento da sessão, pude observar alguns fãs extasiados e outros profundamente decepcionados, o que me leva à conclusão de que aRead More
Compilação de filmes dos irmãos Louis e Auguste Lumière traz ótima restauração e boa variedade, mas narração limita a experiência O trabalho dos irmãos Lumière é de uma importância inegável para os anos de formação do cinema. Conhecidos como inventores do cinematógrafo, câmera capaz de captar imagens em movimento, também são, na visão de Thierry Frémaux, verdadeiros cineastas. Partindo dessa constatação, Frémaux, que é diretor do Festival de Cannes e cinéfilo de carteirinha, compõe seu novo documentário Lumière! A Aventura Começa a partir de 114 filmes, todos restaurados em 4K. ARead More
Sequência possui o dobro de mães – e isso garante bem a diversão! Quando um filme de comédia faz sucesso, engatilhar uma sequência não é tarefa difícil. O que complica é manter a qualidade (ou, pelo menos, o humor) da história e fazer com que a diversão não soe em nenhum momento forçada. Perfeita é a Mãe foi uma ótima surpresa em 2016 ao trazer Mila Kunis, Kristen Bell e Kathryn Hahn interpretando mães que simplesmente se cansam de agradar todos e começam a mudar suas vidas a partir de então. ARead More
Quando a vida nos entrega altas doses de realidade, por que não mergulhar no mundo do cinema para esquecer dos problemas? Ou, especialmente, na cinematografia de Federico Fellini? Muitos cinéfilos fazem isso com diversos diretores, mas é em Fellini que Lucy (Ksenia Solo), garota de 20 anos que nunca namorou ou trabalhou, encontra seu refúgio. Inspirado na obra de um dos maiores diretores italianos e também um dos responsáveis pelo Neorrealismo Italiano, o longa de Taron Lexton narra a aventura de autoconhecimento de Lucy, que, ao viajar sozinha para aRead More
Inspirado no livro homônimo escrito por R. J Palacio, filme emociona e dá lição sobre gentileza Mergulhar na mente de uma criança não é algo necessariamente fácil ou leve. Principalmente quando a criança em questão é August Pullman, garoto que nasceu com uma síndrome genética cuja sequela é uma deformidade facial. Prestes a frequentar o primeiro dia de aula e ciente de que não é dono de uma beleza comum, Auggie, desde cedo, é obrigado a enfrentar situações terríveis como o bullying e o desprezo de algumas crianças. Mas oRead More
Produzido pelo brasileiro Rodrigo Teixeira, Patti Cake$ é tão repleto de vigor e personalidade quanto sua protagonista Há muitos filmes de superação por aí. Muitos. Um dos mais famosos é Rocky – O Lutador, cuja fórmula se esgotou dentro de sua própria franquia, até ser revitalizada em Rocky Balboa e principalmente Creed. Ainda assim, o subgênero cinematográfico do pária, ou underdog, que sonha alto e passa por altos e baixos até obter sucesso é repleto de exemplares dispensáveis, algo que Patti Cake$, que conta com produção do brasileiro Rodrigo Teixeira,Read More
Agatha Christie de volta em nova adaptação de um de seus maiores sucessos O livro é de 1934. A primeira adaptação cinematográfica é de 1974. E agora, mais de 40 anos após a bem elaborada versão de Sidney Lumet para o clássico da escritora inglesa Agatha Christie, chega a vez de Kenneth Branagh dar seu próprio toque e direção a essa história dentro do Expresso do Oriente. Mas, afinal, a nova adaptação faz jus a magnitude do quebra-cabeça entregue ao icônico personagem Hercule Poirot? Não muito diferente de Lumet, queRead More
Os mesmos Jogos Mortais de sempre Com exceção de seu primeiro capítulo, os filmes da franquia Jogos Mortais nunca foram conhecidos como bom cinema. Com roteiros confusos, violência excessiva e um visual pouco caprichado, a série ainda assim encontrou um público fiel entre os fãs de terror. Pessoalmente, só gosto do primeiro e talvez até um bocado do segundo, mas nunca vi graça no resto. Até que, em 2016, os irmãos australianos Spierig, que provaram seu talento na direção com os ótimos 2019 – O Ano da Extinção e ORead More