Críticas - Lançamentos | Cinematecando
Corações em trânsito Filho do cineasta Philippe Garrel, um dos herdeiros da Nouvelle Vague, Louis Garrel senta pela segunda vez na cadeira de diretor de um longa-metragem com este Um Homem Fiel. O filme segue uma linha bastante parecida com sua estreia na função, Dois Amigos, mas vai num tom mais morno, sem grandes rompantes cômicos ou momentos de drama intenso. Se na obra anterior Garrel tratou de dois amigos disputando o amor de uma imigrante árabe (interpretada pela iraniana Golshifteh Farahani, sua então namorada na vida real), aqui eleRead More
A complexidade e a profundidade do cinema alemão Há anos sabemos que a Alemanha é um país que possui características ímpares e uma forma muito íntima, reflexiva e profunda de expor sua arte. No cinema, percebemos isso desde o expressionismo alemão e obras de diretores consagrados como Wim Wenders, Fassbinder e Werner Herzog, até obras marcantes do século XXI, como Adeus Lênin (2003), e A Onda (2008). Também sabemos que Dark não se trata de um filme, e sim de uma série. Porém, todo seu aspecto cinematográfico e suas discussõesRead More
Ser herói na era da pós-verdade Os acontecimentos no final de Vingadores: Ultimato deixaram um vácuo de poder. Num mundo sem Tony Stark e com o grupo de heróis aparentemente fora da paisagem, o povo vive a expectativa de saber em quem poderá confiar como salvador quando o próximo supervilão resolver colocar a Terra em perigo. Com o trono em aberto, o cenário está aberto para qualquer usurpador que consiga convencer de sua importância a maior parte da opinião pública. A trama é comum em narrativas de tons políticos, noRead More
Um brinde à infância “Que o medo da solidão se afaste, e que o convívio comigo mesmo se torne ao menos suportável. Que o espelho reflita em meu rosto um doce sorriso que eu me lembro ter dado na infância. Porque metade de mim é a lembrança do que fui. A outra metade eu não sei.”. Essa frase de Oswaldo Montenegro escancara uma realidade, e ao mesmo tempo um desejo que é de todos nós. Ou que ao menos deveria ser. Em tempos de conturbações sociais e um cenário políticoRead More
Autoconfiança e superação dos medos Depois do sucesso de Pets (2016), o diretor Chris Renaud propõe uma continuação reapresentando os personagens do primeiro filme e incluindo novos bichos em uma aventura emocionante e frenética, embora pouco inovadora. Aqui, o egoísmo e busca pela sobrevivência dos personagens (abordado no filme antecessor) dão lugar ao desenvolvimento da autoconfiança. Uma das principais diferenças do primeiro longa para o novo é que a história agora acompanha diversos arcos acontecendo ao mesmo tempo. Enquanto Max e Duke passam a ter que conviver com Liam, oRead More
Fantasia ou premonição? Uma criança narra uma história acontecida no Brasil de 2027. Ela fala para nós, em 2019, sobre algo que para ela é passado. Se anacronismo hoje, do lado de cá da tela, é uma palavra usada à exaustão para falar do país em franca regressão, Divino Amor se apropria disso para jogar com a compreensão de tempo, construindo uma distopia contada por alguém que enxerga aquela história pelo retrovisor. É apenas um dos muitos símbolos presentes no fascinante filme de Gabriel Mascaro. O roteiro escrito pelo cineastaRead More
Além da nostalgia, mas sem a mesma união A Disney e a Pixar trazem, com altíssimas expectativas do público, um Toy Story 4 que busca continuar as aventuras do grupo de brinquedos mais amado do mundo, mesmo que agora sem Andy, que já não é mais o dono da turma desde o último filme. A história dá início com Woody, seus amigos, e os já apresentados velhos brinquedos de Bonnie. Logo depois da partida de Andy para a faculdade, o grupo de amigos embarca em uma aventura de férias, comRead More
Confissões de Almodóvar As roupas coloridas e o penteado com cabelos em pé logo denunciam. O cineasta Salvador Mallo, protagonista vivido por Antonio Banderas em Dor e Glória, é um alter-ego nada disfarçado de Pedro Almodóvar, o mais celebrado dos diretores espanhóis. Prestes a completar 70 anos, o autor de A Pele Que Habito, Mulheres à Beira de Um Ataque de Nervos e Fale Com Ela faz seu filme mais confessional, mesmo que já tenha usado elementos de sua biografia em obras anteriores. E pouco importa saber se coisas comoRead More