Posted On maio 10, 2017 By In Filmes

Entrevista com diretor e atores de Ninguém Entra, Ninguém Sai

O filme Ninguém Entra, Ninguém Sai está em cartaz desde o dia 4 de maio, e nós do Cinematecando tivemos a oportunidade de conversar com o diretor Hsu Chien e o elenco sobre essa comédia livremente inspirada no conto No Motel de Luis Fernando Veríssimo durante a coletiva de imprensa realizada em São Paulo.

Para o diretor estreante Hsu Chien, dirigir este filme foi um presente, pois “nele existe um tipo de humor encontrado nos filmes americanos dos anos de 1950 e 1960 sem muitas preocupações com o que é tido como politicamente correto, que estava esquecido no mercado nacional, um tipo de humor puro e louco”. Para realizar a obra da maneira imaginada, a produção contou com integrantes de programas humorísticos já consagrados como Zorra Total, A Grande Família, Vai que Cola e integrantes do canal Porta dos Fundos. Para manter o tom imaginado, mesclando humor e loucura o diretor lembra que sempre que um ator estava em dúvida sobre como agir em uma cena, ele aconselhava: “Vá para o lado lúdico”.

Segundo o ator João Côrtes, o filme não tem muitas explicações, então não é preciso procurá-las durante o longa e, sim, aproveitar o momento e se divertir. Para Guta Stresser, que interpreta a vilã Francisca, o clima leve que pode ser visto ao assistir a obra reflete o ambiente do set de filmagens e o clima entre o elenco; Danielle Winits completou dizendo que esse clima leve nos bastidores é exatamente o ambiente perfeito para fazer humor de qualidade.

A atriz Letícia Lima, conhecida por seu trabalho no canal Porta dos Fundos e no programa Vai que Cola da Multishow, revelou que o diretor Hsu Chien estava aberto para conversas com todo o elenco e isso permitiu que eles inserissem momentos de improvisação no roteiro, o que contribuiu para o resultado final da obra. Já para o ator Emiliano d’Avila, é importante e interessante que a comédia (ou qualquer outro gênero) não seja “chapada” – é necessário trazer outras nuances para que a história se torne mais humana e atrativa, e fazer humor da maneira que foi feito no filme é praticamente um ato de coragem.

Hsu Chien também reforçou que Ninguém Entra, Ninguém Sai é um filme extremamente atual, que traz as personagens femininas como donas das suas histórias e responsáveis por todas as reviravoltas em suas vidas e nas de seus parceiros. Guta Stresser afirmou que esse filme vai além do empoderamento feminino e mostra uma restituição de posse do poder das mulheres sobre elas mesmas.

Diretor e elenco disseram inúmeras vezes durante a entrevista coletiva que foi uma grande preocupação de todos os envolvidos com a produção que o filme não se tornasse vulgar e apelativo, para que pudesse ser aproveitado por toda família, e isso foi determinante para que abandonassem o nome original do projeto, que seja chamava No Motel, assim como o conto no qual é inspirado.

Confira a galeria de fotos do set do filme:

Tags : , ,

Redatora do Cinematecando | Jornalista, 22 anos. Era do tipo de criança que esperava ansiosamente a chegada das sextas-feiras para ir à locadora escolher o filme que assistiria inúmeras vezes durante o final de semana até decorar as falas. Apaixonada pela arte como um todo, ama escrever e raramente é vista sem um livro nas mãos. Hoje, segue na busca incessante de assistir todos os filmes possíveis já produzidos e conhecer cada vez mais sobre a sétima arte.