Filmes | Página 115 de 122 | Cinematecando

Recent Posts

Posted On julho 18, 2016By Cauê LiraIn Críticas - Lançamentos

Crítica: Entre Idas e Vindas

O longa Entre Idas e Vindas, do diretor José Eduardo Belmonte, chega aos cinemas nessa quinta-feira com a proposta de integrar algo diferenciado ao cinema popular nacional. Para a ocasião, o filme conta com a presença de nomes de peso no elenco, como Fábio Assunção, Ingrid Guimarães, Alice Braga, Caroline Abras e Rosanne Mulholland. O Cinematecando esteve no lançamento para a imprensa, realizado na última semana em São Paulo, e traz o veredito sobre a nova aposta da Film Noise, em parceria com a Filmes do Impossível. Afonso (Fábio Assunção) eRead More

Posted On julho 17, 2016By Barbara DemerovIn Críticas - Lançamentos

Crítica: Caça-Fantasmas

Não consigo pensar em outro jeito de iniciar este texto sobre o novo Caça-Fantasmas sem citar toda a polêmica que o envolve desde a divulgação de seu primeiro trailer. Além dos comentários desrespeitosos por conta do elenco principal ser formado apenas por mulheres, o trailer possui a marca de mais de 900 mil dislikes, sendo o vídeo mais ‘odiado’ do Youtube. Tal imagem negativa antes mesmo do filme ser lançado foi surpreendente, com grande parte da internet incitando o ódio de maneira assustadora. Por isso, enquanto o diretorPaul Feig eRead More

Posted On julho 15, 2016By Giovanna ArrudaIn Críticas - Lançamentos

Crítica: A Conexão Francesa

Marselha, 1975. O juiz Pierre Michel (Jean Dujardin) é transferido de seu trabalho anônimo com jovens para a investigação sobre a maior quadrilha de traficantes da França e dos Estados Unidos, a Conexão Francesa, que liderada por Gaëtan “Tany” Zampa (Gilles Lellouche), faz as leis da cidade e aniquila todo e qualquer um que não as siga ou resolva se tornar inimigo deles. Extremamente focado e enfrentando os perigos que suas decisões possam acarretar, Pierre Michel resolve desmembrar a quadrilha e prender todos que tenham alguma relação com eles para dar fim aos anos deRead More

Posted On julho 15, 2016By Caio LopesIn Críticas - Lançamentos

Crítica: Um Dia Perfeito

Há filmes feitos de grandes reviravoltas e emoções intensas, e há outros que se baseiam em pequenos prazeres e nuances. Tendo assistido a Um Dia Perfeito sem nem mesmo ler uma sinopse por completo, tive a felicidade de descobrir que se trata de uma obra classificada na segunda categoria mencionada. Dirigido e roteirizado pelo espanhol Fernando León de Aranoa (Segundas-feiras ao Sol), o filme narra o percurso de dois dias específicos na vida de um grupo de trabalhadores humanitários, que procuram resolver uma série de situações nos Balcãs nos meadosRead More

Posted On julho 13, 2016By Letícia PiroutekIn Filmes, Rebobinando

Rebobinando: Conta Comigo (1986)

Acordei cedinho no fim de semana retrasado, 7h da manhã, e não estava afim de assistir desenho como sempre faço (sou uma criança presa no meu corpo de 23). Então, resolvi rever um dos filmes que mais marcaram minha vida e a de milhares de pessoas desde que foi lançado em 1986: Conta Comigo. Eu tento evitar assistir esse filme porque ainda não me conformo que vivemos em um mundo sem River Phoenix para nos presentear com seu talento, mas eu estava com uma saudade enorme daqueles quatro meninos. E que clássico, nãoRead More

Posted On julho 13, 2016By Barbara DemerovIn Artigos, Filmes

Filmes para deixar qualquer fã de rock feliz

Hoje é dia de fazer barulho! O mundo todo está comemorando o Dia Internacional do Rock, e nós do Cinematecando não podíamos ficar de fora; por isso, selecionamos os melhores filmes para os rockeiros e rockeiras (re)assistirem e celebrarem esta data tão especial! Escola de Rock (2003) “Rock has no reason, rock got no rhyme. You better get me to school on time!” Não tem como iniciar uma lista relacionada ao rock com outro filme além desse. O sensacional Jack Black protagoniza uma história divertida, emocionante e regada a muitas ensinações sobre esseRead More

Posted On julho 12, 2016By Barbara DemerovIn Críticas - Lançamentos

Crítica: Agnus Dei

Na Polônia, perto do fim da Segunda Guerra Mundial, mais de 30 freiras vivem afastadas em um convento. A alguns quilômetros dali, a Cruz Vermelha se encarrega de cuidar dos franceses que sobreviveram à guerra antes deles serem repatriados. Tirando o forte frio de inverno, tudo vai aparentemente bem; até que uma das freiras aparece no centro médico implorando por ajuda. A jovem médica francesa Mathilde reluta em ajudar no início, mas quando aceita o pedido, encontra um problema muito maior do que jamais poderia imaginar. Com a invasão dos russos na Polônia desde 1944, oRead More

Posted On julho 11, 2016By Giovanna ArrudaIn Artigos, Filmes

Conheça as classificações indicativas

Quem nunca sofreu por não poder ir ao cinema assistir um filme que tanto esperava, por ele não ser indicado para sua idade? As classificações indicativas são regulamentações sobre as idades indicadas para consumir cada obra. Elas são feitas pela Secretaria Nacional de Justiça (SNJ), do Ministério da Justiça brasileiro. Esse órgão é responsável por classificar todas produções audiovisuais que serão lançadas no país, sejam elas para atelevisão, mercado de cinema e vídeo, jogos eletrônicos ou jogos de interpretação (RPG). As faixas classificatórias aplicadas em nosso país são: livre, 10 anos,Read More

Posted On julho 6, 2016By Rodrigo FabrettiIn Críticas - Lançamentos

Crítica: Florence – Quem é essa Mulher?

Por Rodrigo Fabretti Até onde você iria pelo seu sonho e pelo o que você dedicou toda sua vida? Ou pior, se você fosse extremamente ruim naquilo que você ama, mas mesmo assim quiser continuar e seguir em frente… Você iria? É essa lição que Florence Foster Jenkis (Meryl Streep) nos ensina. O filme, baseado em fatos reais, se passa na década de 40 em Nova Iorque e mostra a vida de Florence Foster Jenkis. Junto com sua paixão por St. Clair Bayfield (Hugh Grant), Florence dedica sua vida à música. Após assistir umaRead More

Posted On julho 5, 2016By Barbara DemerovIn Críticas - Lançamentos

Crítica: Julieta

Baseado nos contos da escritora canadense Alice Munro, o vigésimo filme do espanhol Pedro Almodóvar é um drama sobre a vida e as perdas que ocorrem nela. Focando no universo feminino e no amor maternal, a história se passa em torno de Julieta, mulher que passou por momentos difíceis em sua vida e que volta a se encontrar vulnerável depois de ver uma pessoa que fez parte de seu passado. Em um drama mais convencional do que outros filmes de sua carreira, Almodóvar foca na personagem Julieta (vivida por Adriana Ugarte na juventude e porRead More