Star Trek: Discovery é o esperado retorno da franquia para a televisão, ou quase isso, sendo disponibilizada em streaming. Muitos estavam céticos desde o começo de sua produção, principalmente após os impasses que levaram o ex-showrunner Bryan Fuller (Hannibal, Deuses Americanos) a deixar a equipe. Para piorar, quando divulgado que críticos não receberiam o material com antecipação, um infeliz destino para a série parecia selado. Até agora. Discovery teve sua estreia norte-americana neste domingo, 24, tendo seus dois primeiros episódios disponibilizados na Netflix no dia seguinte para o público internacional.Read More
Vândalo Americano. Podemos dizer que finalmente temos uma tradução de título coerente? E olha que coerência é o que não falta nessa nova produção original da Netflix. De início, a abordagem temática da série pode não atrair todos os públicos, não só por ser baseado no formato de documentário como também por temperar tudo com muita sátira e humor. Mas por experiência própria, afirmo que apesar do tratamento diferenciado do gênero a série consegue ser divertida e bastante absorvente, principalmente por sua história principal, profundamente intrigante. Falsos documentários satíricos sãoRead More
Quando estreou, a série The Flash trouxe consigo uma alegria e toques de humor ainda não vistos no universo televisivo da DC, e claramente foi um sucesso. Em 2015, a segunda temporada estreou e seguiu a mesma fórmula de roteiro da primeira temporada. Funcionou, principalmente com um episódio final chocante que levava a crer que a próxima temporada traria o arco Ponto de Ignição para as telas – mas digamos que toda a expectativa dos fãs não foi correspondida nos episódios seguintes. No último episódio da segunda temporada, Barry AllenRead More
Eu amo BoJack Horseman. Já BoJack Horseman, nem tanto. Não que o homem-cavalo seja um personagem ruim, muito pelo contrário. Ao longo de suas quatro temporadas, Horseman, dublado brilhantemente por Will Arnett, é construído de maneira assustadoramente… humana. À primeira vista uma sátira do ator tornado em playboy (não só necessariamente Charlie Sheen), BoJack Horseman tornou-se em um dos personagens mais fascinantes da peak TV americana. No entanto, o que torna BoJack Horseman, a série, essencial é todo o rico trabalho feito ao redor de seu personagem-título. Criada por RaphaelRead More
Por Sammy Itaborahy Samantha Jones, de Sex and The City, é uma personagem polêmica. Por ser uma mulher muito independente e bem desinibida, a mesma pode vir a assustar ou até mesmo a ser mal interpretada pelos espectadores. Demorei um tempo para prestigiar inúmeras de suas ações e valorizar ensinamentos, principalmente aqueles que dizem respeito à liberdade sexual da mulher. Samantha fala abertamente sobre sexo e o faz sem pudores quando tem vontade, mas carrega a certeza de que a principal liberdade que ela pode possuir é a de escolher quando quer,Read More
Há algum tempo atrás, o ganhador do Oscar™ Mahershala Ali (Moonlight) foi anunciado como protagonista da misteriosa terceira temporada da série True Detective. Outro anúncio também trouxe luz ao fato de Nic Pizzolatto, criador da série, fará sua estreia como diretor em alguns dos novos episódios. Esta semana passada, contudo, trouxe outra novidade, desta vez ainda mais animadora. Jeremy Saulnier, diretor independente responsável pelos longas Ruína Azul e Sala Verde, entrará para a equipe também como diretor, colaborando com Pizzolatto. O quê este último significaria para a aclamada série? ApesarRead More
Em sua primeira visita ao Brasil, o especialista em aliens ancestrais conversou com o Cinematecando sobre seu trabalho, a importância do seriado e… Star Wars! Giorgio Tsoukalos é uma das figuras mais marcantes do canal HISTORY. O produtor executivo da série televisiva Alienígenas do Passado (2009 – atualmente) possui uma legião de fãs ao redor do mundo e, para a nossa alegria, fica claro que grande parte da massa fanática vem do nosso país. Em questão de menos de 4 horas, todos os ingressos para seu evento especial em SãoRead More
Muitas histórias, livros e contos de Stephen King já foram adaptados para o cinema, mas pela primeira vez o conto O Nevoeiro do autor serviu como inspiração para um roteiro em forma de seriado. Antes de ver a série, é normal o expectador criar algumas expectativas, ainda mais uma vez que o conto já foi adaptado para o cinema, no suspense homônimo de 2007. Como esperado por muitos, a série original da Netflix não conseguiu atingir o mesmo sucesso do filme e realmente deixa muito a desejar na construção deRead More