Arquivos 41 Mostra Internacional de Cinema em São Paulo | Cinematecando

41 Mostra Internacional de Cinema em São Paulo Tag

Posted On junho 5, 2018By Caio LopesIn Críticas - Lançamentos, Filmes

Crítica: As Boas Maneiras

Marco Dutra e Juliana Rojas se arriscam com filme musical de lobisomem e atingem notas marcantes Este filme fez parte da programação oficial da 41ªMostra Internacional de Cinema em São Paulo. Texto originalmente publicado em 31 de outubro de 2017. As Boas Maneiras, de Marco Dutra e Juliana Rojas, é tão desnorteante que já me sentei pelo menos umas duas vezes para escrever uma crítica, sem sentir que obtive sucesso. Já vou direto ao ponto: não amo, mas gosto do filme um bocado. Amo, sim, o que foi pretendido pelaRead More
Imagem do filme Esplendor

Posted On maio 8, 2018By Caio LopesIn Críticas - Lançamentos, Filmes

Crítica: Esplendor

Filme de Naomi Kawase parte de proposta interessante mas se perde no desenvolvimento Exibido na 41ª Mostra Internacional de Cinema em São Paulo, Esplendor parte de uma proposta muito interessante: seria uma audiodescrição algo limitador na experiência cinematográfica do espectador cego? Ou melhor: há como sintetizar a riqueza de um filme em apenas palavras? Com esse ponto de partida, a diretora e roteirista Naomi Kawase captura o interesse já de início. Para aqueles que não sabem o que é uma audiodescrição, trata-se de uma faixa de áudio gravada separadamente paraRead More

Posted On abril 11, 2018By Caio LopesIn Críticas - Lançamentos, Filmes

Crítica: Aos Teus Olhos

Drama maduro da diretora Carolina Jabor traz excelente atuação de Daniel de Oliveira Este filme fez parte da programação oficial da 41ªMostra Internacional de Cinema em São Paulo. Texto originalmente publicado em 28/10/2017.  Assim que lerem a sinopse de Aos Teus Olhos, ganhador de melhor filme do público no Festival do Rio, cinéfilos lembrarão imediatamente do drama dinamarquês A Caça, de Thomas Vinterberg. Após assistir ao longa da diretora Carolina Jabor, porém, não há como confundir as duas obras. Baseado na peça O Princípio de Arquimedes, que este ano fezRead More

Posted On março 28, 2018By Caio LopesIn Críticas - Lançamentos, Filmes

Crítica: Zama

Novo filme de Lucrecia Martel é uma experiência singular mas emocionalmente distante Este filme fez parte da programação oficial da 41ªMostra Internacional de Cinema em São Paulo. Texto originalmente publicado em 23/10/2017.  A não ser que seja versado na filmografia da argentina Lucrecia Martel ou esteja disposto a uma experiência bastante elusiva, Zama pode ser um filme praticamente impenetrável. É o que aconteceu no meu caso, mesmo já sabendo da monotonia de suas quase duas horas. Baseado no livro homônimo de Antonio DiBenedetto, Zama relata o fim do período emRead More

Posted On janeiro 24, 2018By Caio LopesIn Críticas - Lançamentos, Filmes

Crítica: Visages Villages

Este filme fez parte da programação oficial da 41ªMostra Internacional de Cinema em São Paulo. Texto originalmente publicado em 28 de Outubro de 2017. Visages Villages, novo filme da diretora Agnès Varda em colaboração com o fotógrafo JR, não é um romance, mas é certamente uma experiência apaixonante. Protagonizado pelos dois, o documentário acompanha a viagem da dupla através da França rural, deixando, onde quer que passem, grandes murais com fotos variadas, seja dos locais quanto de animais. Varda e JR cruzam com uma variedade de personagens, mas nenhum delesRead More

Posted On janeiro 10, 2018By Caio LopesIn Críticas - Lançamentos, Filmes

Crítica: O Motorista de Táxi

Este filme fez parte da programação oficial da 41ªMostra Internacional de Cinema em São Paulo. Texto originalmente publicado em 19 de Outubro de 2017.  Iniciar um filme com o letreiro de “Baseado em Fatos” pode muito bem prejudicar sua veracidade. O Motorista de Táxi, indicado da Coreia do Sul ao Oscar, começa como pastiche, transforma-se em drama e culmina em thriller de ação. Há situações artificiais: o vilão, no último segundo, é impedido de matar o mocinho; o clímax vem na forma de uma cena de ação automobilística, acompanhada porRead More
Com Human Flow, o artista Ai Weiwei explora a crise dos refugiados com um teste de empatia… e paciência A crise mundial dos refugiados é um tópico denso e difícil de se resumir em um filme só. Human Flow – Não Existe Lar Se Não Há Para Onde Ir é o novo documentário de Ai Weiwei, artista plástico chinês que vive na Alemanha desde 2015, após anos de censuras do governo em seu país natal. O filme abriu a 41ª Mostra Internacional de Cinema em São Paulo, para a qualRead More

Posted On novembro 4, 2017By Caio LopesIn Críticas - Lançamentos, Filmes

Crítica: A Trama

A Trama, de Laurent Cantet, é um preciso filme de encerramento para esta 41ª Mostra de São Paulo *Este filme faz parte da programação oficial da 41ª Mostra Internacional de Cinema em São Paulo. Até hoje, após o término da Mostra, me vejo ruminando a frase dita por Claudiney Ferreira na coletiva de abertura: cinema é sedução. O jornalista questionou como o cinema poderia voltar a seduzir o grande público, visto como algo mais do que um mero entretenimento. Esta edição da Mostra, então, não poderia contar com um melhorRead More
Nova série de Tom Tykwer, Babylon Berlin pode muito bem se tornar um fenômeno, caso tenha a distribuição que merece. Esta série faz parte da programação oficial da 41ªMostra Internacional de Cinema em São Paulo. Quando se fala em Sense8, muito se pensa nas duas visionárias que são as irmãs Wachowski. No entanto, também deve-se recordar do nome de Tom Tykwer, que além de produzir o seriado, contribuiu para a assinatura visual deste, dirigindo também alguns episódios. Tykwer, mais conhecido pelo clássico moderno Corra Lola Corra, está enfim de voltaRead More

Posted On novembro 1, 2017By Caio LopesIn Críticas - Lançamentos, Filmes

Crítica: O Outro Lado da Esperança

Este filme faz parte da programação oficial da 41ªMostra Internacional de Cinema em São Paulo. O Outro Lado da Esperança, do finlandês Aki Kaurismäki, é praticamente um antimelodrama. A história ressoa com os tempos atuais, acompanhando um refugiado sírio que procura asilo da Finlândia, cujo caminho cruza com o de um vendedor que acabou de comprar um restaurante. Com uma estética reminiscente dos anos 60, a la Technicolor, o humor seco do longa e sua ausência de fatalismo tornam O Outro Lado da Esperança em uma experiência deliciosa de seRead More