Arquivos Diamond Films | Cinematecando

Diamond Films Tag

Posted On junho 19, 2018By João Pedro AccinelliIn Críticas - Lançamentos, Filmes

Crítica: Hereditário

Aclamado filme de terror psicológico cria atmosfera tenebrosa com cenas sufocantes a todo momento Ari Aster é definitivamente um nome para se observar. O diretor, que já dirigiu e roteirizou alguns curtas-metragens, traz em sua estreia na direção de um longa uma mistura eficiente de terror psicológico, suspense e drama. Em Hereditário vemos uma condução da tensão familiar entre os personagens que alimenta diretamente a construção do terror psicológico – ocasionado tanto pelo histórico de doenças mentais da família quanto pelo próprio desenrolar dos eventos. O clima angustiante do filmeRead More

Posted On junho 12, 2018By João Pedro AccinelliIn Críticas - Lançamentos, Filmes

Crítica: Os Estranhos – Caçada Noturna

Pessimamente roteirizado e com atuações desinteressantes, sequência de filme de 2008 se mostra como uma das produções mais entediantes do ano Filmes de home invasion (invasão domiciliar) são populares desde que o terror slasher chegou aos cinemas. São muitos os filmes que conseguiram de fato entreter o público e trazer algo novo com a presença de um assassino (ou mais) tentando invadir uma casa e assustando seus moradores, é o caso do ótimo Hush: A Morte Ouve (2016). Porém, há ainda mais filmes que caíram no esquecimento justamente por seremRead More

Posted On fevereiro 27, 2018By Caio LopesIn Críticas - Lançamentos, Filmes

Crítica: Projeto Flórida

Com atuações soberbas, filme de Sean Baker enaltece a infância e desmistifica o paraíso turístico de Orlando Em 2015, um cineasta independente americano ganhou reconhecimento por ter feito um filme inteiramente com um iPhone. Este cineasta é Sean Baker, e seu filme, Tangerine. O principal mérito dos dois, contudo, não é a astúcia técnica, mas sim uma abordagem empática e verdadeira de uma outra realidade, naquele caso a de duas prostitutas trans em uma tensa véspera de natal em Los Angeles. Agora, alguns anos depois, Baker volta às telonas comRead More
Maduro e ambicioso, drama da diretora Dee Rees vai além dos feitos históricos Já falamos aqui no site sobre a importância de Mudbound: Lágrimas Sobre o Mississipi caso este fosse de fato indicado a prêmios como o Oscar. Isso se realizou: a Academia o indicou por roteiro adaptado (Dee Rees é a primeira mulher negra indicada na categoria), canção original (para Mary J. Blige), atriz coadjuvante (também para Blige) e por fim pela direção de fotografia (Rachel Morrison é a primeira mulher a competir na categoria). No entanto, deixando aRead More
Em seu sexto filme como diretor, George Clooney se vê indeciso entre tons e ideias que não misturam Há roteiros que, com a direção certa, resultam em excelentes filmes. Suburbicon – Bem-vindos ao Paraíso, originalmente escrito pelos irmãos Joel e Ethan Coen, não é um destes exemplos. Cogitado como volta à forma do diretor George Clooney após o fracasso de sua comédia Caçadores de Obras-Primas, o filme estreou no Festival de Veneza deste ano e não foi recebido da maneira mais favorável. Apesar dos aspectos mais promissores, é fácil perceberRead More

Posted On dezembro 7, 2017By Barbara DemerovIn Críticas - Lançamentos, Filmes

Crítica: Perfeita é a Mãe 2

Sequência possui o dobro de mães – e isso garante bem a diversão! Quando um filme de comédia faz sucesso, engatilhar uma sequência não é tarefa difícil. O que complica é manter a qualidade (ou, pelo menos, o humor) da história e fazer com que a diversão não soe em nenhum momento forçada. Perfeita é a Mãe foi uma ótima surpresa em 2016 ao trazer Mila Kunis, Kristen Bell e Kathryn Hahn interpretando mães que simplesmente se cansam de agradar todos e começam a mudar suas vidas a partir de então. ARead More

Posted On novembro 15, 2017By Barbara DemerovIn Críticas - Lançamentos

Crítica: Uma Razão Para Viver

Primeiro filme de Andy Serkis demonstra firmeza e traz protagonistas de peso Se pararmos para pensar, muitos grandes atores de Hollywood já colocaram a mão na massa e dirigiram seus próprios filmes. Clint Eastwood, Sean Penn, Angelina Jolie, Ben Affleck, Tom Hanks, Mel Gibson e Robert Redford são bons exemplos, e agora Andy Serkis pode se considerar um integrante deste time. Arriscando-se do outro lado da câmera (o ator é mundialmente conhecido por suas atuações através da captura de movimentos em Senhor dos Anéis e Planeta dos Macacos), Serkis jáRead More
Steven Soderbergh é um dos diretores mais ecléticos da atualidade. Não só o homem navega pelos mais diferentes gêneros e premissas, como também executa diversas funções técnicas em cada um de seus filmes, assumindo seus famosos pseudônimos. Há alguns anos atrás, quando Soderbergh anunciou sua aposentadoria do cinema, sua perda já era sentida. Felizmente, era apenas sofrimento por antecipação, e agora o diretor está de volta aos cinemas com seu excepcional Logan Lucky – Roubo em Família. Logan Lucky conta a história dos irmãos Logan, em sua missão de roubarRead More

Posted On maio 16, 2017By João Pedro AccinelliIn Críticas - Lançamentos

Crítica: A Autópsia

De vez em quando nos deparamos com filmes de terror que trazem consigo um tratamento diferente de sua trama, focando propriamente na construção gradativa da tensão em cima do expectador, uma aposta não convencional para filmes do gênero. Depois dessa minúscula introdução nem preciso dizer que A Autópsia se enquadra nessa categoria diferente de terror, não é? Um terror que se molda na condução do suspense, do desconhecido, de acontecimentos anormais e ambientações medonhas. Mas, mais do que sua abordagem diferente de seu roteiro, o filme alcança façanhas imprevisíveis comRead More

Posted On março 24, 2017By RedaçãoIn Críticas - Lançamentos

Crítica: O Espaço entre Nós

Por Fernando Pivotto Um dos condicionantes fundamentais da viagem interplanetária é a relação tempo-espaço. As distâncias entre lá e cá são tão imensas que o tempo que leva para percorrer o espaço entre estes dois pontos é um fator impeditivo. Um dos condicionantes fundamentais de assistir a uma obra de ficção é a suspensão da descrença. Isso significa que a plateia aceita, voluntariamente, a aceitar como verdadeiros e verossímeis todos os fatos presentes na história. A gente aceita feliz da vida, por exemplo, que existe um alienígena com um SRead More