Arquivos estreia | Cinematecando

estreia Tag

Posted On novembro 30, 2017By Caio LopesIn Críticas - Lançamentos, Filmes

Crítica: Patti Cake$

Produzido pelo brasileiro Rodrigo Teixeira, Patti Cake$ é tão repleto de vigor e personalidade quanto sua protagonista Há muitos filmes de superação por aí. Muitos. Um dos mais famosos é Rocky – O Lutador, cuja fórmula se esgotou dentro de sua própria franquia, até ser revitalizada em Rocky Balboa e principalmente Creed. Ainda assim, o subgênero cinematográfico do pária, ou underdog, que sonha alto e passa por altos e baixos até obter sucesso é repleto de exemplares dispensáveis, algo que Patti Cake$, que conta com produção do brasileiro Rodrigo Teixeira,Read More

Posted On novembro 28, 2017By Caio LopesIn Críticas - Lançamentos, Filmes

Crítica: Jogos Mortais – Jigsaw

Os mesmos Jogos Mortais de sempre Com exceção de seu primeiro capítulo, os filmes da franquia Jogos Mortais nunca foram conhecidos como bom cinema. Com roteiros confusos, violência excessiva e um visual pouco caprichado, a série ainda assim encontrou um público fiel entre os fãs de terror. Pessoalmente, só gosto do primeiro e talvez até um bocado do segundo, mas nunca vi graça no resto. Até que, em 2016, os irmãos australianos Spierig, que provaram seu talento na direção com os ótimos 2019 – O Ano da Extinção e ORead More

Posted On novembro 26, 2017By Caio LopesIn Críticas - Lançamentos, Filmes

Crítica: Thelma

Indicado ao Oscar pela Noruega, Thelma mescla horrores sobrenaturais com outros bem mais reais É de se admirar a quantidade de exemplares de gênero que, mesmo quando no lugar-comum, encontram novas facetas para esse. Este ano tivemos Personal Shopper, Ao Cair da Noite, As Boas Maneiras (nacional que ainda está para estrear), entre outros. Também encaixado na categoria está Thelma, o novo filme do norueguês Joachim Trier. O suspense / filme de formação fez parte da programação do 25º Festival Mix Brasil e agora estreia no dia 30 de novembro.Read More
Com Human Flow, o artista Ai Weiwei explora a crise dos refugiados com um teste de empatia… e paciência A crise mundial dos refugiados é um tópico denso e difícil de se resumir em um filme só. Human Flow – Não Existe Lar Se Não Há Para Onde Ir é o novo documentário de Ai Weiwei, artista plástico chinês que vive na Alemanha desde 2015, após anos de censuras do governo em seu país natal. O filme abriu a 41ª Mostra Internacional de Cinema em São Paulo, para a qualRead More

Posted On novembro 7, 2017By João Pedro AccinelliIn Críticas - Séries, Séries

Crítica: Alias Grace (1ª temporada)

Um dos maiores nomes femininos da escrita parece estar ganhando ainda mais prestígio nos meios audiovisuais. A escritora Margaret Atwood, além de responsável pela escrita do romance “O Conto da Aia”, obra que originou a recente e aclamada série The Handmaid’s Tale da Hulu, também escreveu o livro “Alias Grace”, que inspirou a nova minissérie homônima distribuída pela Netflix. Após conferir aos 6 episódios (de 45 minutos cada), posso afirmar que Atwood tem o dom de inspirar diamantes televisivos fora do padrão. Com leves influências de Downton Abbey, a britânicaRead More

Posted On novembro 6, 2017By João Pedro AccinelliIn Críticas - Lançamentos

Crítica: A Noiva

Em seu primeiro trailer horripilante, A Noiva já deixava a impressão de que seria um terror russo bastante ousado, utilizando de algumas convenções do horror americano, mas possuindo algum toque de originalidade estrangeira. O filme comprova essa impressão e traz bons temperos audiovisuais que muito acrescentam à trama, mas seu indeciso e desorganizado roteiro cria problemas difíceis de serem resolvidos. Após uma sequência inicial ambientadora, conhecemos a personagem principal, Nastya (Victoria Glukhikh), jovem que viaja com seu futuro marido para a casa da família dele. Logo ao chegar ela percebeRead More

Posted On outubro 24, 2017By Giovanna OrlandoIn Críticas - Lançamentos

Crítica: Manifesto

Com um cenário atual em que o significado de arte é amplamente discutido no Brasil, Manifesto não poderia ter escolhido um momento tão pertinente para ser lançado em nosso país. Dirigido por Julian Rosefeldt e estrelado por Cate Blanchett, o filme traz textos de arte sendo interpretados de 13 formas diferentes pela atriz. O modernismo, dadaísmo, futurismo, Fluxus, Dogma 95 (que teve Lars Von Trier como um dos autores), são apenas alguns dos movimentos abordados durante o filme. Diferente do padrão, Manifesto não tem um roteiro. Não há ação central,Read More

Posted On outubro 19, 2017By Caio LopesIn Críticas - Lançamentos

Crítica: Thor – Ragnarok

O melhor a se fazer, antes de assistir a qualquer filme, é estar com a mente aberta. Ainda assim, admito que queria ter visto um filme ótimo em Thor: Ragnarok. O motivo para isso é minha admiração pelo talento do diretor Taika Waititi (O que fazemos nas sombras), e, apesar de ver outros blockbusters falharem nas mãos de diretores indie, talvez a pegada assumidamente cômica prometida pelos trailers de Ragnarok indicasse que o cineasta neozelandês estaria à vontade com o material. Infelizmente, há o elefante na sala chamado Marvel Studios.Read More

Posted On outubro 11, 2017By Giovanna ArrudaIn Críticas - Lançamentos

Crítica: Entre Irmãs

Emília e Luzia são irmãs muito diferentes. A primeira sonha em se tornar uma jovem da capital enquanto se sente presa a uma realidade do sertão; a segunda, sonha em ser livre (tal qual os pássaros) ao mesmo tempo em que está presa a uma deficiência física que a impede de sonhar em sair da pequena Taguaritinga do Norte. As duas mulheres são criadas pela tia, que repete constantemente que elas só têm uma a outra no mundo, e talvez essa seja a maior verdade que rege a história dasRead More
Novo filme de Emma Stone conta a história real dos tenistas Billie Jean King e Bobby Riggs Batalha dos Sexos é o nome dado a partidas amistosas de tênis entre jogadores de sexos opostos. E a mais famosa delas aconteceu no dia 20 de setembro de 1973. Após ver a australiana Margaret Court perder para Bobby Riggs, um tenista aposentado de 55 anos que queria se manter nos holofotes com discursos machistas, Billie Jean King pede revanche. O resultado disso? Pelo menos 90 milhões de pessoas assistiram ao jogo deRead More