Lançamento Tag

Conversamos com o diretor Marcelo Galvão e parte do elenco do filme na première em São Paulo A Netflix tem muito a comemorar! Seu primeiro longa nacional, O Matador, estreia nesta sexta-feira (10) e, para tornar tudo ainda mais memorável, a gigante do streaming realizou uma grande festa na noite de quarta-feira (8). O diretor Marcelo Galvão, o ator português e estrela do longa-metragem Diogo Morgado e as atrizes Thaila Ayala, Daniela Galli, Thaís Cabral e Maytê Piragibe compareceram ao tapete vermelho do evento – assim como os atores Paulo Gorgulho, MaratRead More

Posted On outubro 29, 2017By João Pedro AccinelliIn Críticas - Catálogo, Filmes

Crítica: 1922

Não é difícil concluir que alguns já podem ter se cansado de ler o nome de Stephen King relacionado a filmes lançados este ano, mas ao menos podemos afirmar que essas “coincidências” não são em vão, pois têm rendido belas obras cinematográficas. A mais recente é o filme 1922, baseada no livro homônimo do autor sobre Wilfred James (Thomas Jane), até então um pacato fazendeiro, que bola um plano macabro para solucionar o seu problema financeiro. Ele decide assassinar Arlette (Molly Parker), sua mulher – mas, para conseguir fazer tudoRead More
Se Embriagado de Amor (2002) não era o suficiente para confirmar o talento de Adam Sandler, então Os Meyerowitz chega para consagrar sua posição como um bom e competente ator de cinema. O elenco todo brilha nas entrelinhas do eclético roteiro de Noah Baumbach (que também assina a direção do filme), experiente companheiro de Wes Anderson. Com direção e cinematografia simplista, Baumbach opta por entregar os holofotes às atuações, ao roteiro, ao envolvente design de produção e à notável montagem. E, para quem estava com saudades de ver o veterano DustinRead More

Posted On outubro 4, 2017By Caio LopesIn Críticas - Lançamentos

Crítica: Blade Runner 2049

Denis Villeneuve se consolida como um mestre de seu estilo com o ótimo Blade Runner 2049 Nem todos são fãs absolutos de Blade Runner – O Caçador de Andróides. Há quem ame, há quem odeie e há muitos mais que se encontram em cima do famoso muro. E isso é ótimo, pois o longa original de Ridley Scott não poderia ser menos polarizador com seus temas existenciais e um estilo narrativo idiossincrático. Quem melhor para recapturar isso que Denis Villeneuve, ainda mais depois de seu seminal sci-fi A Chegada? BladeRead More

Posted On setembro 30, 2017By João Pedro AccinelliIn Críticas - Catálogo, Filmes

Crítica: Jogo Perigoso

Temos que admitir que 2017 é realmente o ano de Stephen King. O renomado escritor teve livros/contos como It e A Torre Negra adaptados para o cinema, e O Nevoeiro e Mr. Mercedes adaptados para a televisão. Mas, se O Nevoeiro (já cancelada pela Netflix) e A Torre Negra não agradaram tanto, a adaptação de seu livro chamado Jogo Perigoso veio para fazer os fãs do autor enlouquecerem (no bom sentido). Jessie (Carla Gugino) e seu marido Gerald (Bruce Greenwood) viajam para uma casa de campo afastada para tentar reatar oRead More

Posted On setembro 17, 2017By Jaquelini CornachioniIn Críticas - Lançamentos

Crítica: Mãe!

Caos puro. Mãe! não é um filme fácil de ser digerido. É necessário horas após a sessão para conseguir assimilar todas as situações escancaradas de maneira exibicionista no longa. Darren Aronofsky (Cisne Negro, Réquiem para um Sonho) pode não ter inovado nos temas retratados (tais como religião, política, fanatismo, egocentrismo e paixão), mas certamente inovou na maneira como tudo isso é misturado e colocado em cena. Mãe!, na verdade, parece nos jogar dentro de um grande e intenso pesadelo em que estamos o tempo inteiro nos perguntando o que estáRead More

Posted On setembro 7, 2017By Alexis ThunderduckIn Críticas - Lançamentos

Crítica: Dupla Explosiva

“Tic-tac, motherfucker!” Duas palavras! São necessárias apenas duas palavras para saber o que serão as quase duas horas de Dupla Explosiva. Este filme, que liderou as bilheterias nos Estados Unidos nos dois últimos finais de semana, tem objetivos bem claros: entreter e provocar riso ao espectador. Sem brilhantismo e apoiado sob um enredo tão genérico quanto a tradução brasileira do filme, estranhamente, Dupla Explosiva alça um nível satisfatório e consegue isso por dois fatores: Ryan Reynolds e Samuel L. Jackson. Esse duo é o centro de um filme que conta aRead More

Posted On setembro 3, 2017By Barbara DemerovIn Críticas - Lançamentos

Crítica: Lino – Uma Aventura de Sete Vidas

Lino – Uma Aventura de Sete Vidas é um projeto muito especial não só para a equipe que o criou como também para o nosso país. Sabemos que é muito difícil fazer animação no Brasil (seja por questões orçamentárias ou até mesmo de apoio), então realmente devemos nos orgulhar da determinação e carinho que Rafael Ribas (de O Grilo Feliz e os Insetos Gigantes) e toda a equipe do estúdio StartAnima tiveram durante todo o processo de criação dessa história. Mesmo com o elogiado O Menino e o Mundo indoRead More

Posted On junho 12, 2017By Barbara DemerovIn Críticas - Lançamentos

Crítica: A Múmia

No cinema, em um tempo em que (ainda) não havia super-heróis, já existiam os monstros. Monstros que nasceram da literatura, ganharam suas versões na telona e receberam todo o prestígio e admiração de muitos. Drácula, o Homem Invisível, o Fantasma da Ópera, o Lobisomem, a Noiva de Frankenstein e, claro, Frankenstein, tiveram seus próprios filmes no decorrer das décadas de 30 e 40, todos produzidos pela Universal Pictures. Os filmes do Universal Monsters representam um período brilhante não só para a história do estúdio como também para o cinema comoRead More

Posted On Maio 31, 2017By Barbara DemerovIn Críticas - Lançamentos

Crítica: Mulher-Maravilha

Mulher-Maravilha, filme da diretora Patty Jenkins, é o filme que está bem no meio do passado e do futuro do Universo Cinematográfico DC. No passado, pois esta é uma obra que foi vista com desconfiança por parte de muitos, afinal, a tão discutida irregularidade de Batman vs Superman e a sucessão de erros em Esquadrão Suicida alimentaram um público ainda mais sedento por algo que fosse plenamente satisfatório. E no futuro, pois esta também é uma obra que abrirá a mente deste mesmo público e que fará ele ver, seRead More