Arquivos Lançamento | Cinematecando

Lançamento Tag

Imagem do filme 'Alfa'

Posted On setembro 10, 2018By João Pedro AccinelliIn Críticas - Lançamentos, Filmes

Crítica: Alfa

Ainda que com problemas sérios em seu enredo, filme agrada com belíssimas paisagens e história emocionante Estamos fartos de saber que nem sempre uma premissa interessante e cenários bonitos garantem um ótimo resultado. A história de Alfa foi idealizada pelo próprio diretor, Albert Hughes, porém o primeiro (e provavelmente maior) problema, foi a decisão de designar a função de roteirista ao estreante Daniele Sebastian Wiedenhaupt. Sua visão da história nos surpreende da pior maneira ao trazer uma relação entre um homem e um lobo bem diferente do que esperamos aRead More

Posted On junho 19, 2018By Mônica BerkovichIn Críticas - Lançamentos, Filmes

Crítica: Desobediência

Há poucos filmes que retratam certos temas como LGBTQ+ e o universo feminino de forma clara e correta. De uns tempos para cá fomos agraciados com obras de representações positivas, como em Mulher-Maravilha, Pantera Negra, Uma Mulher Fantástica; e agora, temos Desobediência. Adaptado do livro de Naomi Alderman, o longa nos conta a história de Ronit (Rachel Weisz), que retorna para a comunidade judaica ortodoxa da qual foi expulsa após receber notícias sobre a morte do pai. Lá ela reencontra Esti (Rachel McAdams), a amiga de infância com a qual teve uma relação. ORead More

Posted On junho 19, 2018By João Pedro AccinelliIn Críticas - Lançamentos, Filmes

Crítica: Hereditário

Aclamado filme de terror psicológico cria atmosfera tenebrosa com cenas sufocantes a todo momento Ari Aster é definitivamente um nome para se observar. O diretor, que já dirigiu e roteirizou alguns curtas-metragens, traz em sua estreia na direção de um longa uma mistura eficiente de terror psicológico, suspense e drama. Em Hereditário vemos uma condução da tensão familiar entre os personagens que alimenta diretamente a construção do terror psicológico – ocasionado tanto pelo histórico de doenças mentais da família quanto pelo próprio desenrolar dos eventos. O clima angustiante do filmeRead More

Posted On junho 12, 2018By João Pedro AccinelliIn Críticas - Lançamentos, Filmes

Crítica: Os Estranhos – Caçada Noturna

Pessimamente roteirizado e com atuações desinteressantes, sequência de filme de 2008 se mostra como uma das produções mais entediantes do ano Filmes de home invasion (invasão domiciliar) são populares desde que o terror slasher chegou aos cinemas. São muitos os filmes que conseguiram de fato entreter o público e trazer algo novo com a presença de um assassino (ou mais) tentando invadir uma casa e assustando seus moradores, é o caso do ótimo Hush: A Morte Ouve (2016). Porém, há ainda mais filmes que caíram no esquecimento justamente por seremRead More

Posted On maio 30, 2018By João Pedro AccinelliIn Games

Crítica: Detroit – Become Human

Quantic Dream e David Cage voltam em sua melhor forma com jogo de ficção-científica e aventura de encher os olhos Liderada por seu fundador David Cage, a desenvolvedora Quantic Dream sempre foi expert em trazer jogos interativos com diferentes escolhas e consequências. Após um longo tempo de espera desde seu último projeto, finalmente podemos matar a saudade destas histórias tão bem escritas e desses belíssimos gráficos. Em Detroit: Become Human, Cage resgata a ótima condução de suspense e envolvimento dramático presente em Heavy Rain, junto à sensação de adrenalina eRead More

Posted On maio 23, 2018By Alexis ThunderduckIn Críticas - Lançamentos, Filmes

Crítica: Tully

Diablo Cody e a inteligência emocional Tully, nova parceria entre o diretor Jason Reitman (Amor Sem Escalas, Refém da Paixão) e a roteirista Diablo Cody (Garota Infernal, Ricki and the Flash: De Volta pra Casa) é a terceira parte de uma trilogia que fala sobre amadurecimento. Essa ‘trilogia do amadurecimento’ iniciou em 2007 com Juno, seguiu com Jovens Adultos (2011) e, agora, encerra com Tully. Cada um destes filmes relatam fases de suas personagens e como estas lidam com o inexorável tempo e suas mudanças e contingências. Juno é sobre crescer mais rápidoRead More

Posted On maio 19, 2018By João Pedro AccinelliIn Críticas - Lançamentos, Filmes

Crítica: Cargo

Apostando em thriller pós-apocalíptico de qualidade, Netflix traz Martin Freeman em sua melhor fase Logo em seu pôster de divulgação, Cargo nos apresenta a frase “o futuro é frágil”, e se não for ousar demais, eu digo que o presente também é. O filme australiano extrapola um mundo pós-apocalíptico e enigmático que mostra suas faces devagar, mas o que está por trás de toda essa metáfora é a relação dos humanos entre si e o espaço que eles ocupam. O individualismo e a pretensão sempre fizeram parte de nossa históriaRead More

Posted On abril 20, 2018By João Pedro AccinelliIn Críticas - Lançamentos, Filmes

Crítica: Exorcismos e Demônios

Premissa previsível, protagonista fraca e excesso de clichês baratos fazem do filme uma das piores abordagens sobre exorcismo já vista Convenhamos que após os clássicos O Exorcista (1973) e A Morte do Demônio (1981) poucos filmes de possessão demoníaca empolgaram tanto os cinéfilos. Ainda que filmes como O Exorcismo de Emily Rose (2005) ou mesmo Possessão (2012) não agrade todos os públicos, é preciso reconhecer que há uma pequena tensão gradativa que se constrói pelos elementos de suspense e terror presentes no roteiro, e que, apesar dos jump scares, conseguemRead More
Com estreia marcada para 05 de abril, Arábia narra a vida comum de um trabalhador O Cinematecando conversou com Affonso Uchôa e João Dumans, diretores de Arábia. Ganhador de cinco prêmios na última edição do Festival de Brasília (entre eles Melhor Filme e Melhor Ator), o longa circulou por mais de 50 festivais no mundo, entre eles o de Roterdã, New Films/New Directors (Nova York), BFI London Film Festival e o Viennale. Ao todo, foram mais de dez prêmios conquistados lá fora. Arábia narra de forma sensível a vida de CristianoRead More

Posted On março 19, 2018By Letícia PiroutekIn Críticas - Lançamentos, Filmes

Crítica: Com Amor, Simon

É com muito amor que eu venho com a crítica de Com Amor, Simon. Baseado no livro Simon vs. the Homo Sapiens Agenda de Becky Albertalli, a história se passa através dos olhos de Simon (Nick Robinson), um menino normal do ensino médio mas que esconde um segredo: ele é gay e ninguém sabe. Quando ele começa a se corresponder com Blue, que carrega o mesmo segredo, Simon não se sente mais tão sozinho. O filme, dirigido por Greg Berlanti, é nada mais nada menos que um filme Coming of AgeRead More