“Algo está errado, e é mais do que o fácil acesso a armas ou violência na televisão. É a falta de amor e apego aos princípios de amor à vida.” Tudo bem, a maioria de nós não acredita em destino. Mas na situação de Robert Reiner é complicado duvidar que o nova-iorquino seguiria uma carreira no cinema, pois além de nascer em uma cidade tão entrelaçada com a Sétima Arte, seus pais já ocupavam um lugar no ramo há muito tempo. Filho da atriz Estelle Reiner e do cineasta CarlRead More
“Se alguma vez me sentia mal, eu escrevia algo. É uma forma de escape.” Chegou a vez de um dos diretores mais criticados e ao mesmo tempo glorificados pelos famosos finais surpreendentes. Seus filmes construíram uma visão original e diferenciada de gêneros, em que busca não explorar tanto os efeitos especiais, mas sim focar em elementos da história e nas interpretações dos atores. M. Night Shyamalan é um produtor, diretor e roteirista que sabe exatamente como inovar tematicamente e atrair o público para suas obras, apesar de também possuir váriosRead More
Por Aline Silva Nascida da realeza de Hollywood, Sofia Coppola parece ter sido desde o início destinada à carreira no cinema. Porém, a diretora, roteirista, produtora, designer e fotógrafa, conseguiu fazer o próprio nome na indústria cinematográfica e se tornar uma das mulheres mais importantes da sétima arte. Algumas semanas depois de seu nascimento, Sofia já teve sua primeira contribuição nos cinemas em O Poderoso Chefão (1972), dirigido por seu pai, Francis Ford Coppola (apenas). Em 1989, chamou atenção ao co-roteirizar, junto do pai, Life with Zoe, um dos episódios deRead More
Roteirista, diretor, ator, escritor, músico e ainda comediante. Fácil? Nem um pouco não é mesmo? Pois Woody Allen é alguém que podemos chamar de full career man, ou seja, um homem de carreira cheia. É com este artista genial que trazemos de volta a sessão mensal: Um diretor e um filme. Esperamos que goste! Woody começou suas atividades aos 15 anos, em 1950, escrevendo para colunas de jornais e programas de rádio, mas suas atividades no cinema só iniciaram aos 30 anos, com o filme O que é que há Gatinha? (1965),Read More
Clint Eastwood é uma das personalidades mais talentosas e respeitadas de Hollywood, seja atuando, dirigindo, compondo ou produzindo seus filmes (ele até chegou a fazer essas quatro coisas ao mesmo tempo em alguns trabalhos). Começou sua carreira como ator em meados dos anos 60, conquistando seus fãs na pele do Homem sem Nome, personagem que fez parte da Trilogia dos Dólares do diretor italiano Sergio Leone (1929-1989). Clint fez sua primeira aparição como o Pistoleiro em Por Um Punhado de Dólares (1964). Misterioso, sempre vestindo um poncho, o anti-heroi rápido no gatilho falava mansinho e tinhaRead More
O cineasta desta semana não é apenas diretor, também é roteirista e foi produtor de inúmeros filmes que marcaram gerações. Nascido em Ohio no ano de 1946, Steven Allan Spielberg descobriu qual era seu talento desde cedo, já que com apenas 12 anos ganhou sua primeira câmera. Em meados da década de 60, ele já era um dos mais renomados diretores de televisão na Universal. Com Duel (1972), seu filme criado para TV, Steven conseguiu a oportunidade de dirigir para o cinema. Dali para frente ele só cresceu. Hoje, colecionaRead More
Por trás de um bom filme, sempre há um bom diretor. Partindo dessa ideia, inicio hoje no Cinematecando uma sessão muito especial que falará, semanalmente, um pouquinho sobre algum diretor de cinema e de um filme de sua trajetória que me marcou bastante. Depois de muito pensar em qual seria o primeiro diretor, o escolhido foi Sir Ridley Scott, e o filme… bom, nessa parte eu não precisei pensar muito: Blade Runner! O diretor e produtor britânico Ridley Scott tem 78 anos e é mundialmente conhecido por ter feito filmes incríveis, como Alien (1979), Thelma eRead More