Artigos | Cinematecando
Todos nós reconhecemos a inspiração que um livro ou uma música pode nos transmitir. Mas a arte do cinema, apesar de ser algumas vezes citada como fonte de motivação e otimismo, ainda merece um texto sobre suas influências para o público de forma positiva e inspiradora, uma vez que o desenvolvimento dos subgêneros, a ambição por bilheterias, as inovações técnicas, e também a busca em retratar a realidade de forma extremamente reflexiva, fazem com que a indústria acabe deixando faltar filmes entusiasmantes que nos seduzem pelo simples fato de serRead More
“Os relacionamentos são como vitamina C: em altas doses, provocam náuseas e podem prejudicar a saúde”, Zygmunt Bauman Eu tenho a mania esquisita de acordar durante a madrugada. Na verdade, não sei se posso chamar de mania, mas o meu corpo desperta de repente e eu perco completamente o sono. Por isso, fico pensando em diversos assuntos até dar a hora certa de levantar. Em um dia desses, comecei a pensar sobre amor, relacionamentos e no quanto é difícil lidar com as pessoas, mesmo aquelas que nós amamos do fundoRead More
Não é só anime ou mangás. Muito menos apenas filmes de terror altamente assustadores que me deixam semanas sem dormir. O Japão é isso, mas não é SÓ isso. Mas, aos 18, eu achava que era. Stephen King sempre foi um dos meus autores preferidos e, durante 2010 e 2012, os livros dele eram as únicas coisas que eu conseguia – e queria – ler. Por mais que a maioria das histórias do King seja de terror (eu morro de medo), o que mais me chama a atenção é aRead More
Apesar da primeira exibição de cinema no Brasil ter acontecido no dia 8 de julho de 1896, foi só em 19 de junho de 1898 que os primeiros filmes brasileiros foram rodados por aqui. Desde então, o cinema brasileiro passou por diversas fases, entre elas a Chanchada, Pornochanchada, Cinema Novo e o cinema da maneira que conhecemos hoje. Durante todos esses anos, é claro que a qualidade e a maneira de produzir os filmes mudaram, mas o preconceito com as produções nacionais continua, principalmente quando se tenta comparar filmes brasileirosRead More
Cada vez mais as mulheres estão lutando para conquistar os seus direitos nessa sociedade ainda muito machista e conservadora. Exatamente por isso, o feminismo se tornou um assunto bastante comentado e discutido. Eu poderia citar diversos motivos que deixam evidente a importância desse movimento para as mulheres em pleno século XXI, mas basta ter o mínimo de consciência para compreender que ser mulher é viver com o medo de ser assediada ou estuprada só pelo simples fato de… ser mulher – como se fôssemos obrigadas a aguentar o desrespeito nasRead More
É muito difícil encontrar um entusiasta de quadrinhos e animações japonesas que não cultivou tal paixão durante a infância. E nós sabemos disso. Mas algumas obras conseguem se afastar tanto do que entendemos como clichês japoneses ao ponto de agradarem audiências de diversos gostos. É através dessa perspectiva que o Cinematecando indica quatro animes consagrados para pessoas que nunca tiveram interesse nas animações do país do sol nascente. DEATH NOTE (2006) Você pode não ter assistido, mas deve ter visto algo sobre este anime na internet, ou nas conversas doRead More
A partir de 2002, quando chegou aos cinemas o filme A Identidade Bourne, do diretor Doug Liman e roteiro de Tony Gilroy e William Blake Herron, padrões típicos do cinema de ação começariam a mudar aos poucos. Mas isso era inevitável. A nova interpretação para a narrativa da ação que começou ali e solidificou-se com o filme seguinte, A Supremacia Bourne, mudaria a forma geral de como veríamos esse tipo de gênero na telona nos doze anos que se passaram desde o segundo filme da série. Quais foram essas mudanças? Elas aconteceram em duas pontas. Primeiramente, o tipo deRead More
Hoje é dia de fazer barulho! O mundo todo está comemorando o Dia Internacional do Rock, e nós do Cinematecando não podíamos ficar de fora; por isso, selecionamos os melhores filmes para os rockeiros e rockeiras (re)assistirem e celebrarem esta data tão especial! Escola de Rock (2003) “Rock has no reason, rock got no rhyme. You better get me to school on time!” Não tem como iniciar uma lista relacionada ao rock com outro filme além desse. O sensacional Jack Black protagoniza uma história divertida, emocionante e regada a muitas ensinações sobre esseRead More