Caio Lopes, Autor em Cinematecando | Página 17 de 18

All posts by Caio Lopes

Formado em Rádio, TV e Internet pela Faculdade Cásper Líbero (FCL). É redator no Cinematecando desde 2016.

Posted On dezembro 14, 2016By Caio LopesIn Críticas - Lançamentos

Crítica: A Qualquer Custo

Começo este texto com uma constatação aleatória: no decorrer de A Qualquer Custo, neo-western indicado a três Globos de Ouro (e agora, dois meses após a publicação deste texto, indicado a quatro Oscars), memórias do excelente longa nacional Boi Neon, de Gabriel Mascaro, surgiam constantemente. Tal comparação podia terminar já na fotografia, que faz uso de luz natural e traz um tratamento de cor que insere alguns elementos vivos em imagens majoritariamente secas e sóbrias. Apesar disso, o principal ponto comum de ambos longas está nos seus retratos sensíveis e,Read More

Posted On dezembro 7, 2016By Caio LopesIn Críticas - Lançamentos

Crítica: A Última Ressaca do Ano

Existem três tipos de comédia atualmente recorrentes no cinema americano: as que esbanjam personalidade e com ela sustentam até o mais formulaico dos materiais, como Vizinhos e Anjos da Lei; as agressivamente medíocres, como Quero Matar Meu Chefe e Um Espião e Meio; e por fim, o que quer que seja que Adam Sandler, Tyler Perry e os Wayans estejam produzindo. A Última Ressaca do Ano, que desde seu primeiro trailer criou expectativas de uma hilariante comédia de fim de ano, acaba, infelizmente, se encaixando na parcela mais fraca daRead More

Posted On dezembro 2, 2016By Caio LopesIn Críticas - Lançamentos

Crítica: Ninguém Deseja a Noite

Em 2016, fomos infelizmente lembrados de que uma ótima premissa não garante um ótimo filme. No âmbito dos blockbusters, os longas da DC Comics foram especialmente marcantes em seu fracasso ao tentar traduzir para as telas histórias que pareciam infalíveis em cativar o público geral e resultar em um produto consistente. Foi o caso com BvS e principalmente com Esquadrão Suicida, dois longas extremamente equivocados em sua execução. No circuito do denominado “cinema de arte”, apesar de cultivar um tipo de hype muito específico (ou hype nenhum, em muitos casos), o mesmo podeRead More

Posted On novembro 20, 2016By Caio LopesIn Críticas - Lançamentos

Crítica: A Chegada (SEM SPOILERS)

Como se Sicario – Terra de Ninguém já não o tivesse feito, A Chegada, que estreia nesta quinta-feira, consolida o franco-canadense Denis Villeneuve como um dos melhores diretores deste ainda jovem século. Anunciado há mais de um ano, o longa adapta a premiada história de ficção-científica Story of Your Life, de Ted Chiang. Enquanto Villeneuve já trabalhava na esperada sequência Blade Runner 2049, cinéfilos do mundo todo aguardavam por sua primeira incursão no território sci-fi. Com a chegada (duh) deste novo longa, confirma-se o melhor dos cenários: não se trata apenasRead More

Posted On outubro 19, 2016By Caio LopesIn Críticas - Lançamentos

Crítica: A Nona Vida de Louis Drax

Desde que despontou com o polêmico Alta Tensão, o diretor francês Alexandre Aja garantiu uma reputação como autor de filmes de terror. Após uma dolorosa queda com o risível Espelhos do Medo, Aja teve uma recuperação ao adaptar o livro Horns, de Joe King, com o filme Amaldiçoado, que é protagonizado por Daniel Radcliffe. Apesar da recepção negativa de Amaldiçoado pela crítica, este também criou uma modesta quantidade de admiradores (eu incluso), principalmente pela maneira como Aja dominava suas constantes mudanças de tom. Em A Nona Vida de Louis Drax,Read More

Posted On outubro 13, 2016By Caio LopesIn Críticas - Lançamentos

Crítica: Terra Estranha

Em Terra Estranha, longa de estreia da australiana Kim Farrant, temos um roteiro que, em toda sua frustrante ambiguidade, acaba se perdendo junto com seus protagonistas. Misturando um drama realista com elementos mais místicos e até mesmo pós-apocalípticos, porém, Farrant demonstra ser uma realizadora promissora, e pode se tornar um grande nome trabalhando com roteiros mais maduros. Catherine e Matthew (Nicole Kidman e Joseph Fiennes), que se mudaram com os filhos para uma cidade no árido outback australiano, são um casal em crise. Superprotetores, são afetados por um incidente passadoRead More

Posted On outubro 12, 2016By Caio LopesIn Críticas - Lançamentos

Crítica: O Contador

Pode-se dizer que O Contador, dirigido por Gavin O’Connor, trata-se do segundo filme de herói que Ben Affleck protagoniza neste ano de 2016. Neste caso, especificamente, um anti-herói. Com a iniciativa da DC Comics / Vertigo de adaptar o personagem título para uma minissérie especial de HQs, a impressão de que estamos assistindo a um adulto mas ainda assim escapista filme de quadrinhos só se reforça. Tais ares podem desagradar a parcela do público que foi levada a acreditar , através de seu primeiro trailer, que o longa seria umRead More

Posted On outubro 9, 2016By Caio LopesIn Críticas - Lançamentos

Crítica: Kóblic

Durante os primeiros segundos de Kóblic, novo longa do argentino Sebastián Borensztein, que ganhou atenção internacional com seu célebre Um Conto Chinês, encontrava-me cativado pela tensão do que viria a acontecer a partir dali. Infelizmente, aqueles breves segundos eram apenas um vislumbre do bom filme que Kóblic poderia ter sido. Nem mesmo o requisitado Ricardo Darín (Relatos Selvagens) consegue salvar um projeto tão dolorosamente inexpressivo. Tomás Kóblic, interpretado por Darín, é um aviador argentino que foge de seu passado vinculado à ditadura Pinochet, no Chile. Apesar de outros detalhes já estaremRead More
Desde seu primeiro capítulo, a franquia The Purge, antes intitulada nacionalmente como Uma Noite de Crime, deixa a sensação de que abusa de sua própria estadia nos cinemas. Seu conceito central, apesar de maniqueísta e tolo, sempre guardou bastante potencial para caso fosse explorado de maneira mais cômica ou autoconsciente. Mas o diretor e roteirista James DeMonaco aparenta não aprender com as próprias fraquezas, afinal seus filmes são surpreendentemente rentáveis em solo norte-americano, o último destes sendo 12 Horas para Sobreviver: O Ano da Eleição. Uma semi-sequência para o razoavelmenteRead More

Posted On setembro 28, 2016By Caio LopesIn Críticas - Lançamentos

Crítica: Demônio de Neon

A partir do início da projeção de Demônio de Neon, quando somos apresentados a um lindo tableau de cores sortidas, as iniciais N.W.R. estão estampadas na tela. Após a recepção desconcertante de seu longa anterior Apenas Deus Perdoa, Nicolas Winding Refn parece ter novamente tornado sua principal cartada em uma fonte de força criativa: o estilo abundante. Considerando que este seu novo longa se trata do exuberante e impiedoso mundo da moda, a transformação de sua autoria em uma espécie de grife se encaixa muito bem com a proposta. ORead More