Posted On fevereiro 6, 2017 By In Notícias

Sessão Vitrine Petrobras começa em fevereiro e exibirá mais de 15 filmes nos cinemas

Projeto criado pela Vitrine Filmes em 2011 ganha um formato permanente, agora com patrocínio da Petrobras

Em 2017 a Sessão Vitrine volta aos cinemas, agora com o patrocínio da Petrobras, passando a se chamar SESSÃO VITRINE PETROBRAS. O projeto realiza a distribuição coletiva de filmes brasileiros, incluindo coproduções internacionais, exibindo um recorte da produção audiovisual contemporânea. A Sessão Vitrine Petrobras acontecerá em pelo menos vinte cidades, com programação contínua lançando um filme a cada duas semanas, realizando pré estreias com os diretores e debates. O preço praticado nas salas participantes do projeto não ultrapassará R$ 12,00 (inteira).

No mercado há sete anos, a Vitrine Filmes criou o projeto intitulado Sessão Vitrine em 2011, e que já na sua primeira edição foi reconhecido por realizadores, público, críticos e demais agentes do audiovisual, sendo eleito o melhor evento cinematográfico do ano pela Associação de Críticos de Cinema do Rio de Janeiro. Foi sob o selo da Sessão Vitrine que filmes de diretores como Gabriel Mascaro, Kleber Mendonça Filho e Adirley Queirós foram lançados, consolidando assim o projeto como uma vitrine de novos e já consolidados realizadores.

Com o intuito de levar ao público um cinema de qualidade, original, que retrata a cultura do país e que se destaca nos principais festivais brasileiros e internacionais a Sessão Vitrine fomenta uma relação entre o espectador e o evento de ir ao cinema, através de lançamentos e sessões com debates, investindo na formação de novas plateias e fortalecendo o circuito audiovisual como um todo.

Agora com o patrocínio da Petrobras, a Sessão Vitrine Petrobras vem para ampliar esse formato. Ou seja, o que antes ocorreu em edições, passa a ser permanente, e dessa forma, o cinema brasileiro que se encontra cada vez mais consolidado – com uma média de 140 longas produzidos por ano – encontra uma nova forma de entrar em circuito comercial, com o grande diferencial de lançar filmes em sessões nas quais o ingresso não ultrapassará o valor de R$ 12 (inteira) / R$ 6 (meia) nas duas semanas consequentes a sua estreia.

Sobre o Projeto:

Cada filme da Sessão Vitrine Petrobras terá pelo menos uma sessão diária com horário fixo, nos mesmos cinemas de vinte cidades. Os filmes ficarão em cartaz por no mínimo duas semanas em cada cidade. A intenção é que uma programação quinzenal e um horário fixo tornem-se um referencial e criem um público cativo.

Com início em fevereiro de 2017, a Sessão Vitrine Petrobras estará nas seguintes cidades: Rio Branco (Cine Teatro Recreio), Maceió (Cine Arte Pajuçara), Fortaleza (Cinema do Dragão), Brasília (Cine Brasília e Espaço Itaú de Cinema Brasília), Vitória (Cine Metrópolis), Goiânia (Cine Cultura Goiânia), São Luís (Cine Praia Grande), João Pessoa (Cine Banguê e Cinespaço Mag Shopping), Recife (Cine São Luíz, FUNDAJ Cinema do Museu), Teresina (Cine Teresina), Curitiba (Cineplex Batel, Cinemateca de Curitiba e Espaço Itaú de Cinema Curitiba), Niterói (Cine Arte UFF), Rio de Janeiro (Espaço Itaú de Cinema Botafogo), Porto Alegre (Cine Bancários e Espaço Itaú de Cinema Porto Alegre), Aracaju (Cine Vitória), São Paulo (Espaço Itaú de Cinema Augusta e Caixa Belas Artes), Palmas (Cine Cultura Palmas), Salvador (Espaço Itaú de Cinema Glauber Rocha), Belo Horizonte (Cinema Belas Artes), Santos (Cinespaço Miramar), Belém (Cine Líbero Luxardo) entre outras.

Os Filmes já confirmados no projeto:

A Cidade onde Envelheço, de Marília Rocha
Ficção | 2016 | 99’ | Brasil-Portugal
DATA DE ESTREIA: 9 de Fevereiro de 2017

Waiting for B, de Paulo Cesar Toledo e Abigail Spindel
Documentário | 2016 | 72’ | SP
DATA DE ESTREIA: 2 de Março de 2017

Jonas e o Circo sem Lona, de Paula Gomes
Documentário | 2015 | 81’ | BA
DATA DE ESTREIA: 16 de Março de 2017

O Ornitólogo, de João Pedro Rodrigues
Ficção | 2016 | 118’ | Portugal-França-Brasil
DATA DE ESTREIA: 30 de Março de 2017

Martírio, de Vincent Carelli, e co-dirigido por Ernesto de Carvalho e Tita
Documentário | 2016 | 160’ | PE
DATA DE ESTREIA: 13 de Abril de 2017

Rifle, de Davi Pretto
Ficção | 2016 | 88’ | RS

Taego Ãwa, de Henrique Borela e Marcela Borela
Documentário | 2016 | 75’ | GO

Muito Romântico, de Melissa Dullius e Gustavo Jahn
Ficção | 2016 | 72’ | Brasil-Alemanha

Elon não Acredita na Morte, de Ricardo Alves Jr
Ficção | 2016 | 75’ | Brasil – Argentina

Divinas Divas, de Leandra Leal
Documentário | 2016 | 110’ | RJ

Corpo Delito, de Pedro Rocha
Documentário | 2016 | 74’ | CE

Los Territórios, de Iván Granovsky
Documentário | 2017 | 93’ | Argentina-Brasil

Invisible, de Pablo Giorgelli
Ficção | 2017 | 90’ | Argentina – Brasil
INÉDITO

Meu Corpo é Político, de Alice Riff
Documentário | 2017 | 71’ | SP
INÉDITO

Paulistas, de Daniel Nolasco
Documentário | 2017 | 76’ | GO/RJ
INÉDITO

 

Tags : , ,

Criadora e editora-chefe do Cinematecando | Jornalista, 24 anos. Logo na infância encontrou no cinema uma grande paixão. Ama ler, fazer maratonas de séries (de Mad Men a The Office) e é fascinada por movimentos cinematográficos como Nouvelle Vague e Neo Realismo Italiano. Se inspirou na frase "Uma câmera na mão e uma ideia na cabeça", do diretor Glauber Rocha, para criar o Cinematecando e fazer o que mais gosta: escrever sobre cinema. Só que, ao invés da câmera, usa as palavras para transmitir seus pensamentos. Contato: barbara@cinematecando.com.br