Posted On 10/03/2017 By In Cine Netflix, Filmes, Uncategorized

Cine Netflix: Especial Rob Reiner

Fazendo mais uma homenagem ao diretor, o Cine Netflix de hoje realiza um especial de filmes dirigidos por Rob Reiner, um dos reis da comédia romântica. São cinco ótimos filmes que você pode assistir quando quiser, pois estão te esperando lá no Netflix (mas talvez não por muito tempo). É hora de conferir algumas boas histórias que vão com certeza reservar um espacinho em seu coração.

A Princesa Prometida (1987)

O primeiro filme da lista (e terceiro de sua filmografia) é uma aventura romântica épica, que pode nem sempre agradar a todos, mas é considerada um clássico da época. Uma bela princesa (Robin Wright) faz um pacto de amor com um camponês (Cary Elwes), mas quando recebe a notícia de que ele morreu, vítima do cruel pirata Roberts, decide aceitar o pedido de casamento de um príncipe sinistro (Chris Sarandon). Nas vésperas do casamento, contudo, ela é raptada por um trio muito estranho, constituído por um exímio espadachim que possui seis dedos, um gigante retardado de força descomunal e um intelectual baixinho especialista em resolver enigmas. Surpreendentemente, quem aparece para resgatá-la é o camponês, o que acaba deixando a história bem interessante.

Harry e Sally – Feitos Um Para o Outro (1989)

Esse clássico é considerado uma das maiores comédias românticas de todos os tempos, pois através de um incrível e original roteiro, consegue nos entreter em todas as cenas. Após se formarem pela Universidade de Chicago, Harry Burns (Billy Crystal) e Sally Albright (Meg Ryan), um casal de estudantes, viajam juntos para Nova York. Com o passar dos anos cada um leva a sua vida, se vêem de vez em quando ao longo do anos e firmam uma amizade. Mas aos poucos e de forma um pouco assustadora, descobrem que estão se apaixonando. O casal de atores dá um show em cena.

Antes de Partir (2007)

A única comédia dramática da lista, não sendo focado no romance, mas sim na amizade entre dois homens. Dois pacientes portadores de câncer internados em um mesmo quarto, um irritável bilionário (Jack Nicholson) e um simplório mecânico (Morgan Freeman), recebem as notícias que possuem poucos meses de vida. É então que cada um deles monta uma lista de coisas a serem feitas até o momento derradeiro, e juntos saem mundo afora para viver a maior aventura de suas vidas. Nicholson e Freeman estão incríveis como sempre, e o roteiro da obra ainda conta com reflexões profundas sobre a vida e suas divergências.

O Primeiro Amor (2010)

Chegamos ao que talvez seja o filme mais sensível do diretor, uma bela história de amor entre duas crianças/adolescentes. Bryce se muda com a família para um novo bairro e logo conhece Juli, sua vizinha, que será, durante os próximos anos, uma pessoa muito importante em sua vida. Ocorre que a família de Juli é mais humilde, e o pai de Bryce tem preconceito com a família da garota, o que acaba resultando em um preconceito do próprio garoto perante a menina, misturando as emoções de ambos e passando do amor ao desprezo até conseguirem chegar à maturidade de seus sentimentos. Uma lição de vida, e uma narrativa bem intrigante, pois conta a perspectiva de ambos os personagens durante o filme.

Um Amor de Vizinha (2014)

O último filme da lista é mais uma comédia romântica, desta vez com uma dupla de dois atores principais conhecidíssima pelos fãs de cinema. Um corretor de imóveis egocêntrico (Michael Douglas) vive tranquilamente até que seu filho, com quem ele não fala há anos, pede que ele cuide da sua neta por um tempo. Sem a menor ideia de como proceder com uma criança que ele mal conhece, ele pede ajuda a sua vizinha (Diane Keaton) para cuidar da menina, gerando fortes sentimentos entre todos ali. Um filme para ver e se distrair com uma história simples, porém tocante.

Tags : , , ,