Posted On 17/03/2016 By In Críticas - Lançamentos

Vale a pena ir ao cinema assistir Batman vs Superman?

Quando um filme tão aguardado está perto da data de estreia, os fãs depositam todas as suas expectativas na produção. Algumas vezes podemos nos decepcionar com o que vemos na tela, outras vezes podemos, felizmente, nos surpreender. Eu diria que Batman vs Superman: A Origem da Justiça foi, para mim, uma enorme surpresa. Primeiro pela forma com que os personagens foram apresentados. De um lado, conhecemos os traumas da vida do Homem Morcego, do outro os problemas que o Superman está enfrentando ao começar a dividir a opinião da população mundial sobre os seus feitos heroicos. Enquanto isso, Lex Luthor, interpretado muito bem por Jesse Eisenberg, traz um tom irônico e até um pouco cômico para a história com os seus gritinhos e diálogos inteligentes. Luthor é ousado e impiedoso, como eu gostaria que ele fosse.

No papel de Batman, Ben Affleck soube muito bem como se posicionar e deu ao personagem o tom que ele merece. Não posso dizer que é o melhor Batman (isso é bem pessoal, na verdade), mas tem potencial para ser caso ele ganhe filmes solo. A atuação dele é indiscutível, assim como a de Henry Cavill. Os dois atores se entregaram aos respectivos personagens e isso fica cada vez mais claro ao longo filme. No final, uma coisa é certa: Ben Affleck é MESMO o Batman/Bruce Wayne e Cavill é o Superman/Clark Kent, sem dúvidas.

O destaque fica para Gal Gadot e a sua Mulher Maravilha, que foi motivo de palmas no cinema. E quem achou que o fato de ela não se parecer tanto com a Diana seria um problema, pode ficar tranquilo. Outra personagem que me prendeu bastante foi a Lois Lane (Amy Adams), que mostrou que você não precisa ser uma super heroína para ser vista como uma mulher forte. Ela é uma jornalista decidida que enfrenta o que for pelo o que acredita.

O filme tem boas surpresas e é por isso que vale a pena sim conferir Batman vs Superman no cinema. Além disso, Zack Snyder e Larry Fong fizeram um ótimo trabalho no quesito fotografia. As cenas são cheias de detalhes e o diretor fez o bom uso da câmera lenta e outros recursos. E, para quem duvidava do Universo da DC, esse filme apareceu em boa hora. Comparações com a Marvel, na minha opinião, se tornaram difíceis de serem feitas. Estamos falando de universos distintos e maneiras diferentes de se retratar heróis no cinema. E que venha a Liga Da Justiça!

Tags : , , , , ,