Críticas – Séries Category

Posted On abril 24, 2017By João Pedro AccinelliIn Críticas - Séries, Séries

Crítica: Girlboss (1ª temporada)

Séries que realçam o empoderamento feminino e a representação da mulher são sempre bem vistas pelo público em geral. Felizmente, Girlboss não fugiu desse padrão. Se a série fosse apenas sobre isso não seria tão original, e logo repetitiva, mas a história de vida de Sophia Amoruso (responsável pelos fatos reais da protagonista) abrange vários assuntos muito bem abordados por Kay Cannon, a criadora e uma das produtoras e roteiristas da série, rendendo boas risadas e fortes emoções. Ambientado nos anos 2000, o enredo da comédia (produzida por Charlize Theron) se iniciaRead More

Posted On abril 3, 2017By João Pedro AccinelliIn Críticas - Séries, Séries

Crítica: 13 Reasons Why

Você se lembra qual foi a última vez em que maratonou uma série adolescente com temas tão profundos e pertinentes? Tá legal, não sejamos ingênuos ao dizer que nunca houve uma vez. Um ótimo exemplo é a incrível (porém mal divulgada) My Mad Fat Diary, que conta a história de uma jovem inglesa de 16 anos que sofre de excesso de peso e relata em seu diário a experiência em lidar com o próprio corpo e seus relacionamentos com amigos e sua mãe. Ou até a aclamada série britânica Skins, queRead More

Posted On março 31, 2017By Barbara DemerovIn Críticas - Séries, Séries

Crítica: Legion (1ª temporada)

Apostar na (falsa) loucura nunca foi tão certo As séries baseadas em quadrinhos nunca mais serão vistas da mesma forma após a primeira temporada de Legion. E isso se deve ao fato de que a exploração utilizada aqui é diferente de tudo que já vimos neste tipo de adaptação. Ao contar a história de David Haller (Dan Stevens), um mutante megapoderoso (que, na verdade, foi diagnosticado como esquizofrênico e considerado louco por toda a vida), a produção nos transporta para uma instigante jornada que se nutre de autoconhecimento e descobertas, mas que,Read More
Os viciados em séries estão sempre procurando uma nova produção para assistir. Mas a tarefa nem sempre é fácil se pararmos para pensar que, no Brasil, a Netflix possui mais de 400 séries em seu catálogo. E no meio de tanto conteúdo, Please Like Me chamou a minha atenção. A série australiana, criada e protagonizada por Josh Thomas, estreou em 2013 e se tornou queridinha em vários países. Não é para menos, a comédia dramática de Josh é sobre a sua própria história e aborda com cautela e bom humorRead More
Esta semana foram ao ar nos EUA os episódios do crossover musical das séries Supergirl e The Flash, que tinha sido anunciado há um bom tempo, deixando os fãs receosos. A história começa no episódio 16 da atual temporada de Supergirl, intitulado Star-Crossed, onde Kara descobre um segredo escondido por Mor-El durante nove meses. Isso abala seriamente a relação dos dois e, então, o vilão Music Meister aparece e drena os poderes de Kara, deixando-a em coma e com a mente presa dentro de um musical.  Já no episódio 17Read More
A quarta e última série para trazer Os Novos Defensores estreou dia 17 de março na Netflix e pode se tornar uma série esquecível entre as suas irmãs (Demolidor, Jessica Jones e Luke Cage). Punho de Ferro nos conta a história de Danny Rand, um empresário bilionário que retorna à sua cidade, Nova York, 15 anos após a queda de seu avião (que ainda matou seus pais). Rand sobreviveu e, durante o período desaparecido, viveu na cidade mística K’un-Lun, localizada no Himalaia, onde aprendeu a dominar as artes marciais paraRead More

Posted On março 13, 2017By João Pedro AccinelliIn Críticas - Séries, Séries

Crítica: Love (2ª Temporada)

Sexta-feira (10) estreou na Netflix a segunda temporada de Love, série criada por Judd Apatow. A primeira temporada, que continha um humor forte e contagioso, deixou seu foco em comédia para a segunda temporada ser explorada mais precisamente em cima do drama e das dificuldades do relacionamento entre Gus e Mickey, embora ainda contenha boas cenas desconfortáveis que nos provocam vários risos. O mais curioso é que, mesmo com a grande mudança de estilo, a série continua chamativa e cativante, principalmente por manter sua diversidade de personagens junto à suasRead More
Oito anos, oito temporadas e uma história que começou com a vinda de um vampiro à cidade de Mystic Falls e terminou com sua despedida. Isso foi The Vampire Diaries, série que, apesar de ser voltada para o público adolescente, conquistou fãs de todas as idades. O seriado surgiu em 2009 e as referências que se tinham de vampiros e outros seres sobrenaturais, nos anos 2000, era muito limitada aos filmes, deixando uma margem maior para seus criadores explorarem a temática. Julie Plec, o principal nome da bancada de criadores eRead More
O ano é 1994. A ex-mulher do famoso jogador de futebol americano Orenthal James Simpson, Nicole Brown, e um amigo são assassinados dentro da casa dela. Não demora muito para que todas as suspeitas e evidências apontem para O.J. Simpson, o ex-marido abusivo que não lida nada bem com o fim do casamento. Logo em seguida, O.J. é preso preventivamente e inicia o processo que ficou conhecido como o Julgamento do Século, não só pela sua duração (ao todo foram 372 dias de julgamento), mas pela forma como a mídia lidouRead More

Posted On fevereiro 9, 2017By Cauê LiraIn Críticas - Séries, Séries

O Atirador: Vale a pena assistir?

Baseado no romance Ponto de Impacto de Stephen Hunter, O Atirador é outra parceria entre canais de televisão e a Netflix. Enquanto o canal por assinatura USA Network cuida da produção e transmissão em território americano, a locadora vermelha se responsabiliza pela distribuição em outros países. Produzida e protagonizada por Ryan Phillippe, O Atirador está enquadrada entre as séries rejeitadas pela crítica, mas que acabaram surpreendendo e agradando a audiência. Os números refletem no Rotten Tomatoes: 44% de aprovação da imprensa especializada e 85% de aprovação da audiência. E comoRead More