Cine Netflix: Olga, O Som ao Redor e mais | Cinematecando

Posted On 09/09/2016 By In Cine Netflix, Filmes

Cine Netflix: Olga, O Som ao Redor e mais

Como quarta-feira (07/09) foi o Dia da Independência do Brasil, nós resolvemos fazer um Cine Netflix apenas de filmes brasileiros que merecem ser vistos e revistos por todo seu povo que adora cinema.

Olga (2004)

olga

Começando com um dos maiores clássicos do nosso país, um filme que tocou todos brasileiros de forma incrível. Baseado no começo do século XX, Olga Benário (Camila Morgado) é uma jovem judia alemã. Militante comunista, é perseguida pela polícia e foge para Moscou, onde recebe treinamento militar e é encarregada de acompanhar Luís Carlos Prestes (Caco Ciocler) de volta ao Brasil. Na viagem, os dois acabam se apaixonando, mas nem suspeitam que mesmo sendo parceiros na vida e na política, Olga e Prestes terão de lutar pelo amor, pelo comunismo e, principalmente, pela sobrevivência. Uma obra que vai te impressionar e marcar seu fim de semana.

400 Contra 1: Uma História do Crime Organizado (2010)

400

Apesar de não ser um filme tão comentado, é uma ótima atração para quem gosta de uma mistura de ação e um pouco de drama com um contexto histórico. Um grupo de presos do Rio de Janeiro em 1970 (Ditadura Militar) resolve se unir para lutar por direitos e ideais coletivos. William (Daniel de Oliveira) é um dos líderes deste grupo, que fundou o Comando Vermelho, uma organização que cria uma conduta de solidariedade entre os presos, algo inédito até então. No início dos anos 80, o Comando Vermelho passa a agir nas ruas do Rio de Janeiro, realizando ousados assaltos. Não dá para perder esse filme, que, além de tratar de um contexto brasileiro muito discutido, é presenteado com ótimas atuações.

Muita Calma Nessa Hora (2010)

muita

Que tal rir um pouco pra aliviar os problemas da semana? Nada melhor que conferir essa comédia suave repleta de cenas interessantes. Tita (Andréia Horta), Mari (Gianni Albertoni) e Aninha (Fernanda Souza) são amigas que enfrentam momentos de decisão em suas vidas. Decididas a relaxar, elas partem para curtir um fim de semana em Búzios. No caminho encontram com Estrella (Débora Lamm), uma hippie a quem dão carona e que está atrás de seu pai desaparecido. Juntas, elas passam por momentos de grande diversão, cheios de muita comédia e romance que não te deixará desanimado por nem um segundo.

O Som ao Redor (2012)

som

Um belo filme reflexivo dirigido pelo respeitado Kleber Mendonça Filho em seu primeiro longa-metragem, que trata de temas importantes como a segurança privada e a satisfação pessoal. A presença de uma milícia em uma rua de classe média na zona sul do Recife muda a vida dos moradores do local. Ao mesmo tempo em que alguns comemoram a tranquilidade trazida pela segurança privada, outros passam por momentos de extrema tensão. Várias histórias contam um pouco da cultura e estilo de vida de diferentes famílias, e suas 2 horas e meia de duração realçam suas qualidades técnicas, tornando essa obra imperdível.

Hoje Eu Quero Voltar Sozinho (2014)

hoje

Finalizamos com um filme mais atual e singelo, baseado num curta com os mesmos atores e diretor, chamado Eu Não Quero Voltar Sozinho. Leonardo (Ghilherme Lobo), um adolescente cego, tenta lidar com a mãe superprotetora ao mesmo tempo em que busca sua independência. Quando Gabriel (Fabio Audi) chega na cidade, novos sentimentos começam a surgir em Leonardo, fazendo com que ele descubra mais sobre si mesmo e sua sexualidade. O filme trata da homossexualidade de maneira emocionante, simples, e realista. Vale a pena conferir!