Crítica: LEGO Batman - O Filme | Cinematecando

Posted On 05/02/2017 By In Críticas - Lançamentos

Crítica: LEGO Batman – O Filme

Por Rodrigo Fabretti

Antes restrito apenas na televisão e com uma força incrível nos games, o sucesso de Uma Aventura LEGO (2014) mostrou que o mundo LEGO também pode se destacar nas telonas. Três anos após a aventura original, chegou a hora de um dos maiores heróis das HQs receber seu filme nesse formato.

A primeira diferença de LEGO Batman é seu tom, pois o filme chega até mesmo a tirar sarro de seus “antecessores”. Para quem gosta do universo de Batman, várias referências poderão ser vistas: desde a música inicial que lembra The Dark Knight, até as piadas sobre Esquadrão Suicida. Nem mesmo o Homem de Ferro, da Marvel, escapa.

Aliás, referência é o que mais se destaca na animação. Existe um choque de filmes que é muito bem feito e que não estraga nada o enredo do longa. Se você prestar muita atenção, vai poder encontrar vários easter eggs espalhados pelas cenas e situações do enredo.

A história é bem simples: após uma tentativa frustada de explodir Gotham, Coringa se sente triste ao descobrir que o Batman não sente nada por ele, nem mesmo ódio. Ao perceber isso, o vilão começa a arquitetar um plano para fazer o Homem Morcego perceber que ele precisa do Coringa. No meio disso, temos o conflito do Bruce Wayne que está sempre solitário e sozinho, com medo de formar uma família.

A animação e efeitos sonoros não falham em nenhum momento; até mesmo o fogo é feito em LEGO, o que mostra a dedicação ao fazer o filme. O destaque também vai para a solução criativa encontrada para fazer os sons dos tiros. E, enquanto a dublagem brasileira fez um ótimo trabalho (principalmente com a voz do Batman e Bane), a versão original traz Will Arnet, Zach Galifianakis, Michael Cera, Rosario Dawson e Ralph Fiennes, com participações de Channing Tatum, Jonah Hill, Billy Dee Williams e Mariah Carey.

Ao final de um pouco mais de uma hora e meia de filme, você certamente terá dado muita risada com um filme do Batman – que é algo inédito – e com a sensação de que, se a DC/Warner repetir seus erros anteriores, esse pode ser o melhor filme com a participação do Batman em 2017.

FICHA TÉCNICA
Direção: Chris McKay
Roteiro: Seth Grahame-Smith, Chris McKenna, Erik Sommers, Jared Stern e John Whittington
Elenco: Will Arnett, Zach Galifianakis, Michael Cera e Rosario Dawson e Ralph Fiennes.
Duração: 104 min.

Por Rodrigo Fabretti Antes restrito apenas na televisão e com uma força incrível nos games, o sucesso de Uma Aventura LEGO (2014) mostrou que o mundo LEGO também pode se destacar nas telonas. Três anos após a aventura original, chegou a hora de um dos maiores heróis das HQs receber seu filme nesse formato. A primeira diferença de LEGO Batman é seu tom, pois o filme chega até mesmo a tirar sarro de seus "antecessores". Para quem gosta do universo de Batman, várias referências poderão ser vistas: desde a música inicial que lembra The Dark Knight, até as piadas sobre Esquadrão Suicida. Nem mesmo o Homem de Ferro, da Marvel, escapa. Aliás, referência é o que mais se destaca na animação. Existe um choque de filmes que é muito bem feito e que não estraga nada o enredo do longa. Se você prestar muita atenção, vai poder encontrar vários easter eggs espalhados pelas cenas e situações do enredo. A história é bem simples: após uma tentativa frustada de explodir Gotham, Coringa se sente triste ao descobrir que o Batman não sente nada por ele, nem mesmo ódio. Ao perceber isso, o vilão começa a arquitetar um plano para fazer o Homem Morcego perceber que ele precisa do Coringa. No meio disso, temos o conflito do Bruce Wayne que está sempre solitário e sozinho, com medo de formar uma família. A animação e efeitos sonoros não falham em nenhum momento; até mesmo o fogo é feito em LEGO, o que mostra a dedicação ao fazer o filme. O destaque também vai para a solução criativa encontrada para fazer os sons dos tiros. E, enquanto a dublagem brasileira fez um ótimo trabalho (principalmente com a voz do Batman e Bane), a versão original traz Will Arnet, Zach Galifianakis, Michael Cera, Rosario Dawson e Ralph Fiennes, com participações de Channing Tatum, Jonah Hill, Billy Dee Williams e Mariah Carey. Ao final de um pouco mais de uma hora e meia de filme, você certamente terá dado muita risada com um filme do Batman - que é algo inédito - e com a sensação de que, se a DC/Warner repetir seus erros anteriores, esse pode ser o melhor filme com a participação do Batman em 2017. https://www.youtube.com/watch?v=OPfxFUfg3lc FICHA TÉCNICA Direção: Chris McKay Roteiro: Seth Grahame-Smith, Chris McKenna, Erik Sommers, Jared Stern e John Whittington Elenco: Will Arnett, Zach Galifianakis, Michael Cera e Rosario Dawson e Ralph Fiennes. Duração: 104 min.

Nota

LEGO Batman: O Filme

Excelente

Se a DC repetir seus erros anteriores, esse pode ser o melhor filme com a participação do Batman em 2017.

100

Tags : , , , , , , , , , , , , ,