Arquivos Crítica | Página 2 de 38 | Cinematecando

Crítica Tag

Posted On junho 26, 2018By João Pedro AccinelliIn Críticas - Lançamentos, Filmes

Crítica: Os Incríveis 2

Sequência de animação de 2004 consegue ser, além de nostálgica, tão dinâmica e cômica quanto o primeiro filme Caro leitor, não vou mentir, tenho um imenso carinho por filmes da Pixar, principalmente pelo filme que antecede esse em questão. Alguns de nós lembramos com clareza de todas as cenas de Os Incríveis (2004), afinal esse era o filme perfeito para rever inúmeras vezes. E conforme assistia de novo e de novo, começava a perceber o porquê do filme ser uma das animações mais agradáveis e envolventes já feitas – e,Read More

Posted On junho 12, 2018By João Pedro AccinelliIn Críticas - Lançamentos, Filmes

Crítica: Os Estranhos – Caçada Noturna

Pessimamente roteirizado e com atuações desinteressantes, sequência de filme de 2008 se mostra como uma das produções mais entediantes do ano Filmes de home invasion (invasão domiciliar) são populares desde que o terror slasher chegou aos cinemas. São muitos os filmes que conseguiram de fato entreter o público e trazer algo novo com a presença de um assassino (ou mais) tentando invadir uma casa e assustando seus moradores, é o caso do ótimo Hush: A Morte Ouve (2016). Porém, há ainda mais filmes que caíram no esquecimento justamente por seremRead More
Imagem de Oito Mulheres e um Segredo
Sandra Bullock, Cate Blanchett e cia. brilham em um eficiente filme de assalto O filme de assalto é há muito tempo um dos subgêneros que Hollywood mais ama. Dentro dele, a principal (e talvez única) franquia é aquela iniciada por Onze Homens e um Segredo, de Steven Soderbergh. Com a trilogia estrelada por George Clooney, Brad Pitt e Matt Damon já encerrada, era hora de vermos outro roubo complexo através de uma perspectiva feminina. Assim surgiu Oito Mulheres e um Segredo, dirigido por Gary Ross (Pleasantville) e roteirizado por RossRead More
Imagem de Jurassic World: Reino Ameaçado
Franquia atinge seu ponto baixo com trama equivocada e pouca tensão Jurassic World: O Mundo dos Dinossauros, de 2015, não foi exatamente o melhor dos recomeços para a franquia Jurassic Park, que partiu de um livro de Michael Crichton (Westworld). Também não foi o pior dos casos, pois ainda contava com momentos divertidos e, mais significantemente, foi um estrondoso sucesso de bilheterias ao redor do globo. Muitos de seus pontos baixos, no entanto, eram e ainda são atribuídos à escalação do (até aquele momento) novato Colin Trevorrow, que não muitoRead More

Posted On junho 5, 2018By Caio LopesIn Críticas - Lançamentos, Filmes

Crítica: As Boas Maneiras

Marco Dutra e Juliana Rojas se arriscam com filme musical de lobisomem e atingem notas marcantes Este filme fez parte da programação oficial da 41ªMostra Internacional de Cinema em São Paulo. Texto originalmente publicado em 31 de outubro de 2017. As Boas Maneiras, de Marco Dutra e Juliana Rojas, é tão desnorteante que já me sentei pelo menos umas duas vezes para escrever uma crítica, sem sentir que obtive sucesso. Já vou direto ao ponto: não amo, mas gosto do filme um bocado. Amo, sim, o que foi pretendido pelaRead More

Posted On maio 30, 2018By João Pedro AccinelliIn Games

Crítica: Detroit – Become Human

Quantic Dream e David Cage voltam em sua melhor forma com jogo de ficção-científica e aventura de encher os olhos Liderada por seu fundador David Cage, a desenvolvedora Quantic Dream sempre foi expert em trazer jogos interativos com diferentes escolhas e consequências. Após um longo tempo de espera desde seu último projeto, finalmente podemos matar a saudade destas histórias tão bem escritas e desses belíssimos gráficos. Em Detroit: Become Human, Cage resgata a ótima condução de suspense e envolvimento dramático presente em Heavy Rain, junto à sensação de adrenalina eRead More

Posted On maio 23, 2018By Alexis ThunderduckIn Críticas - Lançamentos, Filmes

Crítica: Tully

Diablo Cody e a inteligência emocional Tully, nova parceria entre o diretor Jason Reitman (Amor Sem Escalas, Refém da Paixão) e a roteirista Diablo Cody (Garota Infernal, Ricki and the Flash: De Volta pra Casa) é a terceira parte de uma trilogia que fala sobre amadurecimento. Essa ‘trilogia do amadurecimento’ iniciou em 2007 com Juno, seguiu com Jovens Adultos (2011) e, agora, encerra com Tully. Cada um destes filmes relatam fases de suas personagens e como estas lidam com o inexorável tempo e suas mudanças e contingências. Juno é sobre crescer mais rápidoRead More

Posted On maio 22, 2018By Giovanna ArrudaIn Críticas - Séries, Séries

Crítica: Riverdale – 2ª Temporada

Riverdale se propõe a ser uma versão subversiva dos clássicos quadrinhos A Turma do Archie e cumpre muito bem essa proposta, porque mesmo trazendo inspirações dos personagens originais e situações por vezes caricatas, consegue ser uma série adolescente profunda, relevante e misteriosa. A série veio para ocupar um lugar em que não se imaginava que uma série adolescente iria chegar, com seu misto de Gossip Girl, Twin Peaks e até Pretty Little Liars. A história dos habitantes dessa pequena cidade consegue manter o espectador ligado à história e ansiando o próximo episódio, eRead More
Mesmo não sendo tão consistente quanto Rogue One, novo derivado de Star Wars acerta no tom ao contar história do contrabandista mais querido da saga É difícil entrar em uma sala de cinema sem qualquer expectativa com relação a um novo filme da saga Star Wars, por mais que ele não faça parte do cânone principal e não envolva a família Skywalker. Porém, assim como aconteceu com Rogue One, que surpreendeu até mesmo os mais céticos com uma história consistente sobre a guerra contra o Império, o filme solo de Han…Read More
Imagem do filme Deadpool 2

Posted On maio 20, 2018By Caio LopesIn Críticas - Lançamentos, Filmes

Crítica: Deadpool 2

Ryan Reynolds volta como o mercenário irreverente numa sequência que poderia forçar mais a barra O elemento surpresa fez maravilhas para o primeiro longa do mercenário Deadpool. Ao menos no antro estagnado dos super-heróis, o humor com quebras da quarta parede era o grande diferencial da volta de Ryan Reynolds ao personagem que quase morreu de vez com o enfadonho X-Men: Origens – Wolverine. Após seu retorno de imenso sucesso em 2016, o mercenário irreverente ganha uma nova aventura, seguramente intitulada de Deadpool 2 (torcia para que The Second ComingRead More