Arquivos Críticas - Lançamentos | Página 2 de 58 | Cinematecando

Críticas – Lançamentos Category

Posted On dezembro 5, 2019By João Pedro AccinelliIn Críticas - Lançamentos, Filmes

Crítica: O Juízo

Ganância e desigualdade O tema do poder do dinheiro já nos é extremamente familiar no cinema mundial, incluindo obras nacionais que anteriomente se dispuseram a criticar o egoísmo humano em suas piores formas. Num cenário onde evidencia-se a desigualdade social e denuncia-se os males de um longo e traumático período de nosso país, a escravidão, surge O Juízo. Dissertando e oferecendo visões sobre ganância, enquanto pincela um contexto de espiritualidade e hereditariedade, a obra traça um caminho de poucas qualidades, e de muitas falhas comprometedoras. Após se mudar para aRead More

Posted On dezembro 4, 2019By Diego OlivaresIn Críticas - Lançamentos, Filmes

Crítica: Entre Facas e Segredos

Intrigas de classe Como define o policial vivido por Lakeith Stanfield, o cenário de Entre Facas e Segredos parece um tabuleiro do jogo Detetive que ganhou vida. Há uma luxuosa casa de campo, uma morte misteriosa e muitos suspeitos, todos com potenciais motivos para assassinar a vítima. Porém, se à primeira vista o longa escrito e dirigido por Rian Johnson, tem certa semelhança com as intrigas criadas pela célebre autora Agatha Christie, o desenrolar da trama denota pitadas da mesma crítica social vista em produções recentes como Corra! e Parasita.Read More

Posted On novembro 26, 2019By João Pedro AccinelliIn Críticas - Lançamentos, Filmes

Crítica: A Vida Invisível

A profundidade do drama fraternal feminino O amor entre duas irmãs afastadas pelo tempo e pelo espaço que ocupam, raramente foi tão bem retratado pelo cinema. Delicadeza e intimidade sobram nas mãos da direção de Karim Aïnouz, e transborda para todas as outras áreas que integram o audiovisual de A Vida Invisível. Poupando exageros desnecessários e trabalhando uma emocionante narrativa em ritmo lento, o roteiro (assinado por variados nomes) consegue construir e transmitir com naturalidade os anseios e receios de personagens femininas fortes, por quem geramos instantânea admiração. Com oRead More

Posted On novembro 21, 2019By Diego OlivaresIn Críticas - Lançamentos, Filmes

Crítica: Um Dia de Chuva em Nova York

Fora do tempo Um Dia de Chuva em Nova York é um divisor de águas na carreira de Woody Allen. Não pela obra em si – que requenta o estilo habitual do diretor -, mas por ter tido o lançamento cancelado nos cinemas de sua terra natal, os EUA, após o surgimento do movimento #MeToo e a volta das acusações de que Allen teria abusado de sua então enteada Dylan, ainda nos anos 80, durante a união com Mia Farrow. A polêmica não apenas interrompeu a tradição de o veteranoRead More

Posted On novembro 18, 2019By Diego OlivaresIn Críticas - Lançamentos, Filmes

Crítica: O Irlandês

A máfia no divã “Eu soube que você pinta casas”. A frase, que abre o primeiro contato, via telefone, entre Frank Sheeran (Robert De Niro) e Jimmy Hoffa (Al Pacino), é o título do livro escrito por Charles Brandt que inspirou o roteiro de O Irlandês. Como o diretor Martin Scorsese demonstra habilmente logo nas primeiras cenas de seu filme, “pintar casas” é um eufemismo para matar pessoas: o sangue jorrado na parede é a tinta, o revólver serve como pincel. É este o universo em que se desenrola aRead More

Posted On novembro 4, 2019By Diego OlivaresIn Críticas - Lançamentos, Filmes

43ª Mostra – Crítica: Pacificado

A paz que se quer conservar para tentar ser feliz O diretor Paxton Winters nasceu nos Estados Unidos, morou por 18 anos na Turquia e depois se instalou no Rio de Janeiro. Depois de três anos morando no Morro dos Prazeres decidiu escrever uma história sobre o local. O resultado é Pacificado, premiado como melhor filme na edição 2019 do tradicional festival de San Sebástian, na Espanha, e que entra para a lista de mais uma produção audiovisual sobre a periferia brasileira. Depois dos fenômenos Cidade de Deus e TropaRead More

Posted On novembro 4, 2019By Diego OlivaresIn Críticas - Lançamentos, Filmes

43ª Mostra – Crítica: Sinônimos

Estar e não pertencer Nos últimos anos, a questão dos imigrantes e expatriados tem sido frequente no cinema europeu e rendido prêmios importantes a quem aborda o tema. É o caso do francês Deephan – O Refúgio, vencedor da Palma de Ouro em Cannes na edição 2015, do documentário italiano Fogo no Mar, agraciado com o Urso de Ouro, prêmio máximo do Festival de Berlim, em 2016. A tradição recente foi retomada na capital alemã em 2019, com a vitória de Sinônimos. Porém, o filme de contornos auto-biográficos dirigido peloRead More

Posted On novembro 4, 2019By Diego OlivaresIn Críticas - Lançamentos, Filmes

43ª Mostra – Crítica: O Relatório

Outra verdade inconveniente Quase todas as cenas de O Relatório se passam em escritórios fechados, onde funcionários do governo norte-americano e de seus órgãos associados reviram os segredos da estratégia dos EUA nos anos que se seguiram ao 11 de setembro. A alta voltagem do filme, portanto, não vem de sequências de perseguição ou explosões, mas das discussões acaloradas entre os personagens, que lidam com o fato do exército ter utilizado a tortura como método durante suas invasões ao Afeganistão e Iraque. A quantidade de diálogos pode ser excessiva paraRead More
Amor em transformação “É sempre amor, mesmo que mude”. Se conhecesse o hit da banda gaúcha Bidê ou Balde, que fez relativo sucesso no começo dos anos 2000, o diretor Noah Baumbach poderia ter usado-o como trilha de História de Um Casamento, seu segundo longa feito para a Netflix, após a comédia dramática Os Meyerowitz: Família Não Se Escolhe. Acostumado a assumir uma postura quase blasé em seus filmes, no qual os personagens são sempre de uma suposta elite intelectual nova-iorquina, desta vez o cineasta não tem medo de encararRead More
A hora do troco Ricardo Darín está mais Ricardo Darín do que nunca em A Odisseia dos Tontos, filme que marca mais um reencontro com o diretor Sebastián Borensztein, com quem trabalhou no sucesso Um Conto Chinês. O astro, que se tornou para muitos o sinônimo de cinema argentino, volta a interpretar um sujeito da classe média-baixa às voltas com circustâncias que lhe colocam numa situação inusitada. Como o Bombita de Relatos Selvagens, cabe a Darín servir de avatar para que o cidadão comum de alguma forma se sinta vingadoRead More